Manaus rescinde contrato para concurso com 1,1 mil vagas

A Secretaria Municipal de Administração (Semad), seguindo orientação da Procuradoria Geral do município, rescindiu o contrato que firmou com o Instituto Cidades, para a realização do concurso da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O extrato está publicado no Diário Oficial do município de quinta-feira (dia 18).

Desde que o Governo do Estado cancelou, no dia 2 deste mês, o concurso para a Defensoria Pública do Amazonas, cuja executora seria o Instituto Cidades, a Semad consultou a Procuradoria Geral do Município, solicitando orientações no sentido de continuar ou não com a parceria com a referida entidade para a realização do referido concurso. (Concursos no Brasil)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation