Com uma condição

Nada a opor a essa iniciativa de os deputados evangélicos criarem uma entidade própria, específica – a Frente Evangélica – na Assembléia Legislativa. Com uma condição: que seja respeitado, sob todos os aspectos, o princípio constitucional e do Direito da separação entre a religião e o Estado.

Este princípio precisa ser lembrado para que não se repitam os erros do passado quando igrejas, sob as mais diferentes denominações, tentavam impor suas doutrinas na condução das políticas públicas ou mesmo no comportamento individual e moral dos cidadãos.

Se há algo positivo e benéfico nos regimes democráticos é a garantia do pluralismo de idéias, de credos e da isonomia de direitos e deveres perante à lei. Fora deste princípio, a ninguém é dado o direito e impor crenças ou mesmo condutas morais, de fórum íntimo.

Daí para a intolerância, o fundamentalismo, o fanatismo é apenas um passo e isso precisa ser combatido sempre, pelas conseqüências deletérias que explodem em atos de barbáries.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation