Eletricitários ganham reposição e suspendem greve

Após deflagrarem uma greve de 72h, os eletricitários do Sistema Eletrobras (Eletroacre/ Distribuição e Eletronorte/ Geração) suspenderam ontem o movimento. Eles fecharam um acordo com Governo Federal e a direção do conglomerado holding, no qual assegurou a reposição salarial de 6, 51%, aumento da quantidade de ticket-alimentação, além de um ganho real de 1,5%.
Eletricitrios
“Queríamos ganho real de 4,07%, mas fomos compensados pelo acréscimo de 4 talões extras de ticket-alimentação, que totalizam R$ 2.600”, disse o presidente do Sindicato dos Urbanitários, Marcelo Jucá.
A greve, que foi desencadeada em todo Brasil, aconteceu depois de mais uma frustrada tentativa de um consenso em Brasília, naquilo que seria a 4ª rodada de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). Após o cancelamento da reunião, o Comando Nacional dos Eletricitários (CNE) redigiu carta aberta à presidenta Dilma Rousseff.

O Sindicato dos Urbanitários do Acre, Amazonas, Rondônia, Acre, Piauí e Roraima e Alagoas estão atentos para que, agora, a Eletrobras não venda as distribuidoras de energia. Demissões em massa, precarização dos serviços, aumento exorbitantes das tarifas, exclusão das parcelas mais carentes da população, acidentes e mortes constantes de trabalhadores em suas atividades por falta de condições de trabalho dignas. Estas seriam, segundo Jucá, as principais conseqüências de uma ‘política de privatização’.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation