Pular para o conteúdo

Eletricitários ganham reposição e suspendem greve

Após deflagrarem uma greve de 72h, os eletricitários do Sistema Eletrobras (Eletroacre/ Distribuição e Eletronorte/ Geração) suspenderam ontem o movimento. Eles fecharam um acordo com Governo Federal e a direção do conglomerado holding, no qual assegurou a reposição salarial de 6, 51%, aumento da quantidade de ticket-alimentação, além de um ganho real de 1,5%.
Eletricitrios
“Queríamos ganho real de 4,07%, mas fomos compensados pelo acréscimo de 4 talões extras de ticket-alimentação, que totalizam R$ 2.600”, disse o presidente do Sindicato dos Urbanitários, Marcelo Jucá.
A greve, que foi desencadeada em todo Brasil, aconteceu depois de mais uma frustrada tentativa de um consenso em Brasília, naquilo que seria a 4ª rodada de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). Após o cancelamento da reunião, o Comando Nacional dos Eletricitários (CNE) redigiu carta aberta à presidenta Dilma Rousseff.

O Sindicato dos Urbanitários do Acre, Amazonas, Rondônia, Acre, Piauí e Roraima e Alagoas estão atentos para que, agora, a Eletrobras não venda as distribuidoras de energia. Demissões em massa, precarização dos serviços, aumento exorbitantes das tarifas, exclusão das parcelas mais carentes da população, acidentes e mortes constantes de trabalhadores em suas atividades por falta de condições de trabalho dignas. Estas seriam, segundo Jucá, as principais conseqüências de uma ‘política de privatização’.