Governo e Infraero assinam convênio para a 2ª pista do Aeroporto de Rio Branco

Foi firmado na tarde de anteontem, terça, dia 2, o Termo de Convênio para a elaboração do conjunto de projetos de engenharia da 2ª pista do Aeroporto Internacional de Rio Branco. A ordem foi assinada pelo governador Tião Viana e pelo diretor-presidente da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária), Gustavo do Vale. Os projetos valerão para dar toda base técnica (análise de solo, local, custos, cronograma, etc) da construção da 2ª pista de pouso e decolagem do complexo aeroportuário da Capital.
Aeroporto
A idéia de fazer a 2ª pista foi viabilizada pelo governador Tião Viana, após uma série de reuniões em Brasília, na metade de julho. A necessidade de uma pista nova se deu devido ao aparecimento de falhas e depressões na 1ª pista, decorrentes do vencimento da sua vida útil (construída desde 1999). Hoje, a 1ª pista passa por uma reforma geral na sua extensão.

O termo assinado ontem adianta algumas especificidades da nova obra. A pista terá 2,5 mil metros de extensão para se somar aos 2,4 mil metros da atual (soma das 2 cabeceiras e do pátio central). Esta nova pista custará R$ 5,52 milhões, arcados 90% pelos recursos da Infraero e 10% pelo Governo do Acre. “Com esta 2ª pista, ofereceremos um aeroporto mais eficiente para o Estado. Desta forma, incentivaremos ainda mais o desenvolvimento da região”, disse Vale. (com informações do Portal de Turismo panrotas.com)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation