Imac inicia levantamento de madeira apreendida que será doada no Acre

A partir da próxima semana, o Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) inicia o levantamento de toda a madeira apreendida principalmente em Rio Branco e municípios do entorno ao mesmo tempo em que finaliza o processo de formatação da Comissão de Doação de Madeira. Criada em 2006, a comissão terá uma nova dinâmica a partir de determinação do presidente do órgão, Fernando Lima, em designar servidores das áreas afins para compor a equipe. Somente nos primeiros meses de 2011, mais de 80 metros cúbicos de madeira ilegal foram apreendidos por fiscais do Imac de espécies como cumaru cetim e ferro, cerejeira, angelim e até castanheira e mogno, peças protegidas por lei.

A assessora jurídica do Imac, Elvira Thomé, estima que o levantamento da madeira apreendida na Capital e municípios próximos deverá ser concluído em no máximo 90 dias, mas explica que o órgão não irá esperar até o fim desse prazo para dar início à análise dos requerimentos para a doação da madeira. A maior parte do material recolhido está guardado no pátio da Funtac na Vila do V, mas há outros depósitos nos municípios. Elvira Thomé diz que no interior o trabalho está concluído, pois o volume de apreensões é pequeno. “Assim que tivermos levantamento desse material que está lá começamos a analisar os pedidos de doação”, garante.

O Imac tem cinco processos aguardando liberação, entre eles dois emitidos pela prefeitura de Xapuri e um pelo Centro de Trabalhadores da Amazônia. Só podem solicitar a doação empresas privadas sem fins lucrativos e empresas públicas. Além dos documentos de constituição da entidade e pessoais do requerente devem constar no processo um projeto sobre o uso da madeira. Durante o levantamento, a comissão irá rea-lizar mapeamento sobre a quantidade de madeira, as espécies, as condições de utilização e aproveitamento. Após a reestruturação da Comissão de Doação de Madeira, ainda em fase de planejamento e elaboração do fluxo e rotina de atuação, o Imac pretende iniciar processo para a realização de leilões de madeira apreendida.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation