Manejo da Floresta do Antimary garante renda de R$ 880 para famílias

Cinquenta e três famílias que vivem na Floresta Estadual do Antimary serão beneficiadas pelo Bolsa Floresta que pagará R$ 880,90 a cada uma delas mensalmente. O contrato que vai garantir por meio do manejo sustentável renda para a comunidade que vive na floresta do Antimary foi assinado no último sábado, 20. O secretário de Florestas, João Paulo Mastrangelo explica que cada morador da Floresta Estadual do Antimary receberá uma espécie de “royalties” pela concessão florestal. O valor recebido por cada família deve ultrapassar os R$ 10.566 mil anualmente.

“Do valor total do contrato assinado, 3% serão destinados para as Associações com objetivo de viabilizar o acompanhamento e fiscalização dos processos de exploração e transporte da madeira pelos próprios moradores com supervisão da Secretaria de Floresta”, afirmou o secretário de Floresta.

João Paulo Mastrangelo ressalta ainda que, com a garantia de uma remuneração mensal, a comunidade também pode acessar linhas de crédito especiais oferecidas pelo banco, para realizar investimentos no fortalecimento da produção familiar.

Com o acompanhamento da Secretaria de Floresta e das associações, a empresa Laminados Triunfo fará este ano o manejo florestal de mil hectares da floresta, com a exploração de aproximadamente de 14 mil metros cúbicos de madeira, provenientes da única concessão florestal do Brasil certificada pelo selo internacional FSC, cujos benefí-cios são revertidos diretamente para a comunidade e para a manutenção das suas associações.

Benefícios para a comunidade – Há 12 anos a comunidade do Antimary vivia em condições precárias, sem acesso aos serviços públicos básicos. Essa rea-lidade está mudando com o uso da renda do manejo florestal sendo aplicada na melhoria do acesso físico (ramais), na construção de escolas e mais recentemente indo diretamente para cada morador investir em sua colocação. (Agência Acre)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation