Médica do INSS é agredida a socos por segurado

Uma médica-perita do INSS foi agredida a socos na última segunda-feira, por um segurado. Ele teria se recusado a responder um questionário elaborado para a concessão de Auxílio Doença. Ayrton Souza Rocha foi detido e levado à Delegacia da Mulher, mas foi liberado em seguida. Abaixo a íntegra da nota de desagravo distribuída à imprensa ontem pelo Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed):

O Sindicato dos Médicos do Estado do Acre (Sindmed/AC) vem a público repudiar as agressões cometidas pelo segurado Ayrton Souza da Rocha contra a médica-perita do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), Jane Mary Ferraz da Costa, na segunda (15).

Como servidora pública federal, a médica estava exercendo suas atividades quando acabou sendo vítima de socos desferidos por Ayrton que se recusou em responder ao questionário elaborado para a concessão de Auxílio Doença.

O mesmo segurado que teria direito ao benefício ainda destruiu o patrimônio público e apenas foi detido e liberado em seguida pelo delegado da Delegacia da Mulher.

O Sindmed exige apuração ágil e rigorosa no caso, além de uma ação mais enérgica por parte da direção do INSS no sentido de garantir a segurança dos servidores que tem o dever de atender a população.
O sindicato ainda se solidariza e apóia Jane Mary Ferraz da Costa que mesmo abalada retomou suas atividades normais para evitar atrasos ou transtornos aos demais segurados.

Atenciosamente,
José Ribamar Costa
Presidente do Sindmed/AC

Assuntos desta notícia


Join the Conversation