Projeto Cidadão inicia atividades da VIII Caravana da Cidadania no dia 7/8

O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, por meio do Projeto Cidadão e diversas instituições parceiras, inicia no próximo dia 7 mais uma edição da Caravana da Cidadania, buscando levar diversos serviços básicos à população que reside às margens da BR 364.
Projeto_cidado_2
A VIII Caravana da Cidadania parte de Rio Branco, na manhã do próximo domingo, e realizará atendimentos nas Comarcas de Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó, Tarauacá, Rodrigues Alves, Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima.

O objetivo é aproveitar a abertura da estrada e levar serviços gratuitos, muitas vezes oferecidos somente na Capital, às pessoas que vivem isoladas pelas chuvas no decorrer do inverno amazônico, quando o acesso ao interior do Estado só pode ser feito por transporte aéreo.

Durante a caravana os cidadãos moradores das cidades localizadas à margem da rodovia serão beneficiados com serviços gratuitos de emissão de RG, CPF, Carteira de Trabalho, Registro de Nascimento e Casamento, e Título de Eleitor. Também terão a sua disposição orientação, assistência jurídica e prestação jurisdicional.

No ano de 2010, a Caravana da Cidadania, todos os municípios localizados às margens da BR 364, no sentido Rio Branco/Cruzeiro do Sul, foram beneficiados, resultando em 18.418 atendimentos aos cidadãos.

Este ano, a equipe da Caravana da Cidadania é composta por mais de 50 servidores públicos das instituições e órgãos envolvidos na atividade, que se somam às equipes das comarcas do interior do Estado, totalizando cerca de 100 pessoas. Juntos, eles irão cumprir o seguinte calendário de atendimentos:
Projeto_cidado

1ª Etapa
– 08 e 09/08: Ações em Manoel Urbano;
– 11 e12/08: Ações em Feijó;
– 15 e 16/08: Ações em Tarauacá.

2ª Etapa
– 25 e 26/08: Ações em Rodrigues Alves;
– 28 e 29/08: Ações em Mâncio Lima;
– 01, 02, 03 e 04/09: Ações em Cruzeiro do Sul na Expoacre Juruá;
– 06 e 07/09: Ações em Sena Madureira.

São parceiros do TJAC e do Projeto Cidadão na realização da atividade o Governo do Estado, por meio da Secretarias de Polícia Civil e Instituto de Identificação; Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA); Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA); Correios; Ministério Público; Defensoria Pública; Prefeituras Municipais e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó, Tarauacá, Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul. (Ascom TJAC)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation