Sétima edição da Expoacre Juruá será no estacionamento do estádio de Cruzeiro do Sul

A Expoacre Juruá deste ano vai ser realizada entre os dias 1º e 4 de setembro. Uma das novidades apresentadas pelo Governo do Estado é a mudança de local: sai da Avenida Mâncio Lima e vai para uma grande área do estacionamento do Estádio Arena do Juruá. Já há dois anos, surgiu a intenção de conseguir um espaço mais amplo, pois, com o crescimento da feira, a Avenida Mâncio Lima se tornou pequena para comportar tanto movimento.

No local – uma área de 40 mil metros quadrados -, o Deracre fez um tratamento asfáltico que, embora não seja o asfaltamento definitivo, vai garantir, segundo Dudé Lima, coordenador da Expoacre, a impermeabilização da área, prevenindo-se a possibilidade de chuva e garantindo que não haja formação de poeira. Segundo Dudé, o local deverá se tornar um parque de exposições e servir para os mais variados tipos de eventos, como carnaval, shows e exposições.

“É interesse do governador Tião Viana que a Expoacre Juruá cresça e venha a se tornar, como em Rio Branco, uma feira de negócios. Começamos do zero e hoje já tem uma estrutura montada e ainda temos uma semana para a feira. Vai ser a maior exposição até hoje”, promete.

No parque já estão sendo montadas as barracas e os dois palcos para os shows. “Vamos ter um rodeio improvisado, mas o restante da estrutura nos permite receber bem as pessoas e tratar bem os expositores”, disse Dudé.

Transporte e shows – O Estádio Arena do Juruá  está distante do Centro da cidade cerca de nove quilômetros, e uma das grandes preocupações foi garantir transporte para todos. Dudé reuniu-se com o prefeito municipal, em que participaram taxistas, moto-taxistas, sindicatos das vans e o dono da empresa de ônibus urbano. Ele disse que todos vão se unir para garantir transporte de qualidade, inclusive com saídas ponto a ponto do Centro da cidade para o Estádio, ao preço de R$ 2.

Dudé Lima também confirmou o show da dupla Bruno e Marrone e tirou uma dúvida que se espalhara pela cidade de que o show seria pago: “não é verdade. O show vai ser com entrada franca, como sempre foi”, assegurou. 

Tudo o que o Vale do Juruá  produz será mostrado na feira. Haverá participação de 32 indústrias, das quais 17 são do Juruá. No ano passado os negócios durante a feira somaram cerca de R$ 5 milhões, e para este ano a expectativa é de ficar pelo menos no mesmo nível. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation