Assaltante preso pede ajuda para fazer tratamento de dependência química

Sebastião Ricardo da Silva, 39 anos é acusado de ter cometido um assalto no ano de 2001.
Dependente
Procurado pela polícia, ele foi preso na tarde desta terça-feira, 30, nas proximidades do Mercado Novo, no Centro da Cidade.

Na delegacia, Sebastião disse nunca ter cometido crime algum e se declarou usuário compulsivo de entorpecente.

A negativa de Sebastião não causou surpresa aos policias, mas o preso resolveu apelar e pediu ajuda. Disse que estava doente e que não poderia ser preso.

“Estou muito doente, preciso de ajuda. Sou dependente químico e preciso de ajuda. Se eu for preso posso até morrer” disse o acusado.

Em entrevista a nossa reportagem, Sebastião disse que a “Penal” não recupera ninguém e que depois que o preso entra só piora cada vez mais.

Depois de cumprir seu papel, que nesse caso é dar cumprimento aos mandados de prisão, a polícia civil encaminhou Sebastião para o Presídio Francisco de Oliveira Conde, onde está agora a disposição da justiça.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation