Código Florestal volta à pauta do Senado a partir de hoje

O Código Florestal Brasileiro volta a ser protagonista no Senado Federal a partir desta terça-feira (16). Pelo menos é o que informou o senador Jorge Viana (PT/AC).

De acordo com o petista, para iniciar as audiências os senadores receberão, separadamente, ex-ministros do Meio Ambiente e da Agricultura. “Nós aprovamos, na comissão de meio-ambiente, uma audiência conjunta com a comissão de Agricultura e Ciência e Tecnologia, para ouvir o autor da ‘proposta’, o deputado Aldo Rebelo”.

“Temos compromissos de vida com sustentabilidade socioambiental. Eu vim do Acre, onde nossa história é vinculada aos ideais de Chico Mendes, também um fundador do PT. É hora de nos unirmos e colaborarmos para a modernização do Brasil”, declarou o senador Jorge Viana ao afirma que o Brasil tem que obter uma segurança jurídica do ponto de vista ambiental, com um tratamento especial para os agricultores familiares e uma legislação mais dura para os produtores ilegais.

“Precisamos combater sem tréguas aqueles que querem destruir nossa maior riqueza, a nossa biodiversidade. Quem trabalhar na ilegalidade tem que ter o rigor da lei, e estenderemos a mão para aqueles que querem sair de uma situação irregular”, diz.

O senador relembra que 2011 é o ano internacional das florestas e que restam pouco menos de 300 dias para o início do Rio+20, em 2012, a Conferência de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

“Acredito que é a oportunidade que o Brasil tem para se firmar definitivamente”, fala o senador Jorge Viana, e complementa “O Brasil é uma potência da segurança alimentar, do agronegócio, mas precisamos nos firmar como grande potência ambiental”, diz. (Do Webjornal Primeira Edição)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation