Gladson parabeniza MP do Acre pela Inauguração da sede em Mâncio Lima

Mesmo estando em missão oficial pela Câmara dos Deputados, na Noruega, o deputado federal Gladson Cameli (PP-AC) manteve contato na manhã de hoje com o Procurador Geral de Justiça do Estado do Acre, parabenizando o MPE pela instalação em Mâncio Lima das novas instalações da Promotoria do município. A construção da nova sede do Ministério no Município foi resultado de emenda individual de Gladson, no orçamento de 2010.

A nova sede tem cerca de 180 m² de área construída e conta com recepção, auditório, sala administrativa, gabinete do promotor, copa, área de serviço e estacionamento, além disso, está situada na área central de Mâncio Lima.

Para o Promotor de Justiça do município, Fernando Régis Cembranel, a construção da sede do Ministério Público em Mâncio Lima é a realização de um sonho. “Quando eu comecei minha carreira em Mâncio Lima, o Ministério Público atendia numa pequena sala no fórum. É a realização de um sonho. É o sonho de uma vida melhor que está por trás desse prédio. Todos que vierem aqui serão tratados com respeito”, disse o promotor.

As obras tiveram início em setembro do ano passado quando foi assinado o contrato e expedida a ordem de serviço. As novas instalações foram concluídas em seis meses. Hoje, durante a cerimônia de inauguração, o vice-prefeito da cidade, Ériton Maia, falou que o momento era de agradecimento. “O Ministério Público tem sido uma mão amiga que sempre está ajudando no desenvolvimento de Mâncio Lima. Quando as instituições se fortalecem é a sociedade que ganha”, declarou. (Assessoria)
Gladson Cameli ressaltou em seu contato com o Procurador Geral que a busca por liberação de recursos através de emendas é uma preocupação sua, independente de sigla partidária ou linha ideológica dos prefeitos. “Estamos buscando de todas as formas que nossas emendas sejam liberadas para todos os municípios do Acre, para que, da mesma forma que em Mâncio Lima, a população seja a maior beneficiada com nosso trabalho parlamentar – disse Cameli”.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation