Ministro Passos inaugura ponte do Juruá e garante recursos para conclusão da BR-364

Cruzeiro do Sul ganhou um novo cartão postal com a inauguração, no domingo à noite, da Ponte da União sobre o Rio Juruá. Uma multidão prestigiou o evento que teve como ponto alto o momento em que o governador Tião Viana (PT) acionou a iluminação cênica da ponte acompanhada de uma queima de fogos que durou mais de 20 minutos. Num palanque lotado de deputados federais, deputados estaduais, senadores, prefeitos, secretários, ex-governadores, religiosos e lideranças comunitárias a palavra que permeou todos os discursos foi integração.
Ponte18111111
Os ex-governadores Joaquim Macedo, Orleir Cameli, Jorge Viana e Binho Marques foram lembrados e homenagea-dos pelo governador Tião Viana pela contribuição que deram para a realização do sonho de pavimentação da BR-364. Também o ex- secretário de Planejamento, Gilberto Siqueira e, o ex-diretor do Deracre, Sérgio Nakamura foram homenageados pelo trabalho técnico que desenvolveram ao longo dos anos para a conclusão da rodovia que liga Rio Branco a Cruzeiro do Sul.

Conclusão da BR-364
O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, que participou da inauguração, garantiu que existe um compromisso da presidente Dilma Rousseff (PT) para que não faltem recursos para que a BR-364 seja concluí-da no próximo ano. “Essa é uma rodovia que sempre teve um apoio muito forte do presidente Lula e, continuará, com a presidente Dilma. Como a BR-364 faz parte do PAC e tem um significado forte em relação à integração da Amazônia com resto do Brasil nós vamos avançar sempre em ritmo célere para que a obra seja concluída dentro da expectativa”, ressaltou.

Ponte16333
A entrega da Ponte da União, segundo o ministro, significa a concretização de uma das etapas mais complexas da BR-364. “A ponte tem um simbolismo muito importante. Com os investimentos que estamos fazendo para a pavimentação da BR-364 essa é a maior ponte construída. E, agora, estamos tendo a satisfação de entregar à população do Juruá. Estamos trabalhando numa parceria com o Governo do Acre e a nossa expectativa é avançar para que as obras aconteçam em ritmo forte. Grande parte da pavimentação já está concluída e queremos que o trecho entre Manoel Urbano e Feijó possa receber toda a atenção nos próximos meses antes de começar o período chuvoso. No decorrer de 2012 acreditamos que teremos a rodovia integralmente pavimentada”, garantiu.

Indagado se uma CPI do Ministério dos Transportes no Congresso Nacional poderia inviabilizar a conclusão da obra, o ministro Passos descartou: “Não estou trabalhando com essa hipótese. Vamos dedicar o melhor dos nossos esforços às empresas construtoras que estão mobilizadas para concluírem a obra. Temos que pensar em trabalho e apresentar resultado à população. É isso que quer o Governo Federal”, salientou.

Tecnologia de vanguarda
O engenheiro e projetista, Tunehiro Uono, revelou a fonte de inspiração para a arquitetura da Ponte da União. “A minha atuação no Acre começou em Rio Branco com a Terceira Ponte. Fiz diversos projetos, inclusive, nas fronteiras com a Bolívia e o Peru. A ponte do Juruá foi a última que projetei. Por isso, a inspiração não vem de um momento para o outro, mas de uma orientação do Governo que tem uma preocupação com a estética e a inovação das pontes do Estado”, explicou.

Ponte16

Uono revelou que a tecnologia de pontes do Acre tem servido de estudo para outros estados brasileiros e países. “A ponte estaiada estruturalmente é a mais moderna no país. Há menos de 10 anos que o Acre utiliza essa tecnologia de vanguarda. Nesse aspecto está muito avançado em relação a outros estados brasileiros. Inclusive, as pontes do Acre serviram de base para um trabalho que apresentei num Congresso em Paris. Elas têm sido matéria para estudo acadêmico de arquitetura e engenharia em vários países. O Acre não deve a nenhum outro lugar do mundo em relação à utilização de tecnologia avançada na construção de pontes. É um exemplo para o resto do Brasil”, finalizou.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation