Gazetinhas 10/09/2011

* Chuvarada boa no começo da tarde, mas não foi bastante para aplacar o calor, a poeira, a fumaça.

* Então, todo mundo junto, de tanga, de cocar ou pelado, fazendo a Dança da Chuva:

* Huga! Huga! Huga!

* A propósito de queimadas, é preciso reconhecer que o Acre vem fazendo a sua parte.

* Como divulgou ontem a Comissão Estadual de Gestão de Riscos Ambientais (Cegdra), do ano passado para este houve uma redução de quase 60% no desmatamento.

* Reclama-se ainda, mas houve uma redução de mais de dois mil focos de calor ou queimadas.

* Outra boa iniciativa deste ano foi montar a chamada “Sala de Situação”, através da qual é possível monitorar em tempo real as ocorrências.

* Mas aí alguém ou muitos podem argumentar que sem derrubadas, sem queimadas, os produtores não vão poder preparar a terra para o plantio, vão passar fome…

* …o Acre continuará não produzindo nada, ‘importando’ tudo de fora.

* Em parte é verdade, mas aí entra outra questão:

* já que o Estado está fazendo a sua parte, dando sua contribuição para a preservação da floresta amazônica – e isso tem um custo – está na hora de cobrar a contrapartida.

* Os governantes, a classe política precisam cobrar do Governo Federal, dos organismos internacionais essa contrapartida em recursos.

* Cadê as REDDs (Redução das Emissões de Desmatamento blá, blá, blá) de que tanto se falava no governo passado?

* Seu Jerônimo, do ramal Oco do Mundo, reclama que ele não desmatou nem queimou, mas até agora não entrou “uma redi” em sua colônia.

* Na Colocação Mulateiro, também.

* Enfim.

* Shiiii!

* Agora, escancarou de vez a briga entre os Cameli (Gladson e César) e é briga feia.

* Mas o que houve mesmo?

* Na verdade, não é só uma briga entre César e Gladson, bem entendido. Tem outras ramificações.

* Antes era só um bairro, lá no Calafate, onde teria aparecido o barbeiro, hospedeiro do parasita Trypanosama Cruzi, transmissor da Doença de Chagas.

* Agora, já são 14 bairros.

* É preciso tomar cuidado com isso, lembrando que não havia dengue também aqui no Estado até há bem poucos anos.

* Mais um bom velhinho morreu ontem atropelado aqui bem perto, na Av. Antônio da Rocha Viana.

* Poucos, muito poucos mesmo os torcedores ‘daquele time’ andando ontem pela cidade com aquela camisa.

* O que está havendo?

Assuntos desta notícia


Join the Conversation