Gazetinhas 16/09/2011

* Mal a greve nos Correios começou e os usuários já estão reclamando na demora da entrega das correspondências.

* Não é nada, em dois dias de greve já deixaram de ser entregues mais de 10 milhões de correspondências.

* Pior é que os bancos, através da Febraban, já avisaram que não vão tolerar atrasos no pagamento de faturas.

* E aí, quem se responsabiliza?

* E pensar que já houve um tempo em que os Correios foram referência neste país de uma empresa eficiente e lucrativa.

* Bafão nesses dias na cidade é a investigação feita pela Procuradoria Geral do Estado, que descobriu uma fraude de quase R$ 6,5 milhões, que teria sido praticada por uma empresa chamada Adesobras Ltda.

* Segundo consta a empresa teria sido contratada no governo passado para prestar serviços de inclusão social e não os executou.

* O Governo quer o dinheiro de volta.

* No que está certo.

* Segundo consta ainda, a empresa teria sido indicada pela ex-secretária Laura Nakamura, que foi embora, para o Paraná.

* O processo está correndo na 2ª Vara da Fazenda Pública, o Ministério Público deve entrar no caso e pode dar ‘gente boa’ enrascada.

* Nas sessões da Câmara Municipal e na Aleac nada de importante.

* Ah, sobre aquele caso, foi o Birico.

* Toda a cidade sabe que foi o Birico.

* Governador Tião Viana chegando depois de uma semana de agenda cheia em Brasília com ministros, entre eles, o da Fazenda, Guido Mantega.

* Hoje lança o “Ruas do povo” em Plácido de Castro.

* O telefone toca. É o secretário de Segurança, Reni Graebner, para esclarecer matéria publicada neste jornal na edição de ontem.

* Segundo ele, os trabalhos de busca dos restos do garoto Fabrício não foram suspensos totalmente; só alguns, para avaliações.

* Como também não se registraram casos de doenças de poli-ciais, peritos e bombeiros…

* …embora, as condições do Rio Acre sejam, de fato, as mais adversas devido aos balseiros e a poluição da água.

* Em tempo: passando aqui nos altos deste matutino o professor Felismar Mesquita, o “homem do rio e dos igarapés”.

* Passando também por aqui, sempre muito apressado, afobado, com muito trabalho, Osmir Lima, o “bom velhinho do Ipê”.

* Só porque choveu um pouco na região não falaram mais da balsa sobre o Rio Madeira.

* Mas o problema continua.

* A previsão era de que até setembro/outubro seria feita a licitação e começariam as obras de construção da ponte.

* Não passou de uma ‘pelada’ o tal ‘super clássico’ entre Brasil e Argentina.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation