Política local 21/09/2011

“Vencedor não é quem vence, mas quem luta”.

(José Alencar, ex-vice-presidente)

Tranco no Henrique
O diretório municipal do PV decidiu dar um tranco no deputado federal Henrique Afonso (PV) e acordou que lançará ou Julinho, Shirley Torres ou Claudemir Mesquita para disputar a PMRB. A decisão foi fruto de Henrique recuar e dizer que apoiará o nome a prefeito que sair do PT.

Pé no PT
O diretório decidiu esquecer Henrique, sob o argumento que ele continua com um pé no PT e que terá candidato próprio, descartando por completo apoiar à PMRB um nome fora do PV.

Ver primeiro
Embora a notícia me tenha sido passada por uma figura de proa do PV, só vou crer nesta anunciada candidatura própria à PMRB, por experiência, depois que for concretizada.

Conversa
Encontro no supermercado o militante Lhé tentando convencer o presidente do PT, Léo Brito, que Sibá Machado é o melhor nome à PMRB. Léo cortou e aparou: “o PT tem que renovar”.

Metendo a colher
Não me contive e perguntei: neste caso sobram o Daniel Zen e o Marcos Alexandre, qual tem  mais chance de ser o indicado candidato à PMRB? Léo: “sem favorito, está muito equilibrado”.

Sem chance
Sobre a proposta de prévias entre os militantes do PT, Léo descartou de imediato: “Não”

Não apostem fora
Então não apostem em outro nome que não seja um dos dois citados pelo Léo.

Aliança com a oposição
Em Porto Walter, o vice do candidato do PMDB a prefeito, Zezinho Barbary, será indicado pelo deputado federal Gladson Cameli (PP), foi o acordo montado no município.

Bom senso
Prevaleceu o bom senso. Os vereadores engavetaram o “trem da alegria da imoralidade” de 23 vagas e devem aprovar hoje a proposta plausível de 14 para 16 as vagas na Câmara Municipal.

A atrapalhada Marilete
Depois que o PT de Tarauacá decidiu que não quer a sua companhia numa aliança, a desgastada e atrapalhada prefeita Marilete Vitorino (DEM) recuou de se filiar ao PCdoB.

Ninguém me ama
Devido mudar mais de posição do que biruta de aeroporto, Marilete está naquela do ninguém me ama e ninguém me quer, por essa sua tremenda inconstância política.

Choque no PDT
O presidente do PDT, deputado Luiz Tchê, me disse ontem que o seu partido não se coligará em Tarauacá com o PCdoB nem com a prefeita Marilete e terá nome próprio a prefeito.

Palavra em cheque
A posição coloca em cheque a palavra do deputado Walter Prado (PDT), que domina o diretório municipal e prometeu à Marilete que, se ela fosse para o PCdoB, a apoiaria.

Operação Antimary
O deputado Wherles Rocha (PSDB) rodou ontem na Aleac à imprensa um vídeo de moradores do Antimary, com acusações duras contra os órgãos executores do projeto de manejo da área.

Inundar o Acre
Rocha, que fez o documentário em parceria com a deputada Marileide Serafim (PSD), promete enviar cópias às entidades am-bientais sediadas no Brasil e distribuir o material nos municípios.

Ser ágil
O governo tem que ser ágil em contrapor a oposição para depois não correr atrás do prejuízo. Poderia, por exemplo, mostrar com dados o que realmente representa este projeto ambiental.

No PSDB
O médico Roney Firmino avaliou e deverá mesmo se filiar ao PSDB, por onde disputará a eleição para prefeito de Plácido de Castro, cabendo ao PMDB indicar o vice da sua chapa.

Estava morto
Politicamente, foi esperto, se fosse para um partido da FPA ser candidato estava morto.

Definir logo
O governador Tião Viana deveria definir logo a escolha do candidato à PMRB pelo PT para acabar de vez com as especulações, que não deixam de causar desgaste nas relações internas.

Nome em vão
A sessão de ontem da Assembléia Legislativa foi aberta “sob a proteção de Deus” e acabou após um breve discurso do deputado Rocha (PSDB). O nome de Deus foi usado em vão.

Falta de assunto
O deputado federal Taumaturgo Lima (PT) aparece na mídia defendendo o uso dos recursos do Pré-sal em Saúde. Falta de assunto? A Petrobras ainda nem começou a exploração das jazidas.

Ninguém sentiria
Há prefeitos que deixando o cargo ninguém sentiria, um deles é o Mendes, de Manoel Urbano.

Dando certo
Um dos projetos que o governador Tião Viana trata com carinho é o “Ruas do Povo”, que promete levar a pavimentação a tijolo a todos os municípios acreanos. Quem apostou no fracasso vai perder, os recursos estão garantidos. Ressalte-se: Gildo César, do Deas, vem tocando bem o programa.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation