Vale insistir

É preciso insistir: a ponte sobre o Rio Madeira é uma obra prioritária para a economia regional, sobretudo do Acre, e tudo deve ser feito para que seja construída quanto antes, evitando assim o risco de isolamento e até de desabastecimento de produtos essenciais, como alimentos e combustíveis.

Um estado com projetos como a instalação da Zona de Processamento e Exportação, a interligação com os países andinos e asiáticos através da Transoceânica, a ligação com o Vale do Juruá e outros não pode ficar na dependência de fatores climáticos e do transporte de uma balsa.

A situação torna-se mais inaceitável ainda quando se sabe que a construção dessa ponte vem sendo ano após ano adiada por interesses de alguns empresários e políticos espertalhões de outros estados que ganham uma fortuna para oferecer um serviço precário. Aí, já é humilhação.

Cabe, portanto, aos governantes, aos políticos e a sociedade deste Estado fazer gestões firmes em Brasília e exigir o quanto antes o começo dessa obra. Enquanto isso, exigir também a melhoria nos serviços de travessia abrindo concorrência para acabar com esse monopólio abusivo e extorsivo.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation