Correios chegam ao 12º dia de greve

Sem conseguir chegar a um acordo com a direção, funcionários dos Correios continuam em greve. Neste domingo, a paralisação completa 12 dias.
Correios_greve
Na última sexta-feira, o comando nacional da Fentec (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares) emitiu nota orientando os 35 sindicatos filiados a manter a greve por tempo indeterminado.

José Gonçalves de Almeida, diretor da Fentec, informou que na quinta-feira os Correios rejeitaram a nova pauta de reivindicação dos grevistas que demandam reajuste de R$ 200, reposição inflacionária de 7,16% e piso salarial de R$ 1.635.

Segundo a Fentec, os Correios não apresentaram contraproposta. Apesar da greve, os Correios afirmam que os serviços não estão completamente parados. Segundo a empresa, 65% das entregas estão sendo feitas por funcionários que não aderiram à greve e por meio de mutirões.

Os serviços Sedex 10, Sedex Hoje e Disque Coleta estão suspensos por falta de garantia de entrega no horário.

Segundo os trabalhadores, a greve persiste por causa da “intransigência” dos Correios em negociar. A empresa afirmou em nota estar “totalmente aberta às negociações”.

A federação estima prejuízo de R$ 200 milhões. Segundo os Correios, 35% das cargas estão atrasadas, o que corresponde a cerca de 12,2 milhões de entregas. (Folha.com)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation