Defensoria realiza semana de atendimento jurídico no FOC

Um grupo de Defensores Públicos e estagiários da Defensoria Pública iniciaram na segunda-feira, 19, os atendimentos jurídicos aos reeducandos da Penitenciária Estadual Francisco de Oliveira Conde. Os atendimentos se estenderão até sábado (23), todos os dias a partir das 8h da manhã.

A Defensoria Pública visa, com a seqüência de atendimentos, diminuir as injustiças, tentando garantir aos necessitados o acesso à ordem jurídica justa, uma vez que, existem presos que já cumpriram o seu tempo integral de pena e outros que já possuem direito a benefícios previstos na lei.

O Acre tem um alto número de presidiários, proporcionalmente é um dos maiores índices do país, totalizando aproximadamente 3.500 presos, em um Estado de 730 (setecentos e trinta mil) habitantes. A maioria é de presos provisórios.

No Amazonas, onde a população é de aproximadamente 4 milhões de habitantes, existem cerca 3.800 presos. Não esquecendo que a Defensoria Pública foi eleita pela Constituição Federal como a Instituição responsável pela orientação jurídica e pela representação dos economicamente necessitados, ou seja, dos pobres e carentes. (Ascom Adpacre)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation