Pular para o conteúdo

Especialistas da Ufac visitam herbário em RO

Equipe composta por Marcos Silveira, doutor em Ecologia e pesquisador da Ufac (Universidade Federal do Acre), Flávio Obermuller, Mestre em Ecologia na Ufac, e Heloísa Polary e Dayane Almeida, acadêmicas do curso de Biologia da Ufac, esteve semana passada em Porto Velho para conhecer o acervo do Herbário “Dr. Ary Tupinambá Peña Pinheiro” da Faculdade São Lucas, um dos mais importantes da Amazônia. O pesquisador Marcos Silveira disse que a visita faz parte de projeto desenvolvido em parceria entre a Universidade Federal do Acre e o Jardim Botânico de Nova Iorque, que busca promover a integração de todas as coleções de botânicas do Sudoeste da Amazônia. Segundo Silveira, existe uma preocupação muito grande quanto aos dados de coleções existentes na região para a integração entre os herbários, especialmente quanto à informatização dos dados.

As alunas Heloísa Polary e Dayane Almeida são especialistas em Brahms (sistema de gestão flexível e poderosa base de dados para pesquisadores botânicos e herbários, que oferece funcionalidades inovadoras para montar, gerir, editar, analisar e publicar seus dados), e dão suporte para banco de dados único da flora no sudoeste amazônico. O processo de unificação do banco de dados da flora do sudoeste amazônico envolve os estados de Rondônia e Acre, parte do Amazonas, além do Peru e Bolívia. De acordo com Flávio Obermuller, a estimativa é de que em torno de 100 mil registros botânicos estejam integradas à base de dados unificada em 10 herbários de instituições governamentais e privadas. “O importante mesmo é o intercâmbio entre as instituições”, frisou Obermuller, informando que neste mês de setembro o herbário da Ufac receberá alunos dos cursos de Biologia da Faculdade São Lucas e da Universidade Federal de Rondônia.

O pesquisador Marcos Silveira disse que o convênio com a Fundação JRS, dos Estados Unidos, foi firmado em 2009 e deve se estender até 2013 e no sudoeste da Amazônia envolve em torno de 25 profis-sionais da área de Botânica e alunos das instituições parceiras. Em uma semana a equipe produziu em torno de 7 mil fotos de espécies catalogadas no acervo do herbário da Faculdade São Lucas, que possui uma média de 6 mil registros. Além da informatização dos dados do herbário, os pesquisadores Marcos Silveira e Flávio Obermuller também ministraram palestra, no Anfiteatro 4 do Campus Universitário da São Lucas, para alunos do curso de Ciências Biológicas, acompanhados do professor Narcísio Biggio, da Universidade Federal de Rondônia. (Do site Rondonioaovivo.com)