Estado investe em educação para comunidades indígenas do Alto Purus

Governo do Estado, através do Instituto Dom Moacyr (IDM) promove, até a próxima quinta-feira, 29, o curso de Formação Inicial e Continuada em Associativismo para Comunidades Indígenas, no município de Santa Rosa do Purus, através do Programa de Inclusão Social e Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado do Acre (Proacre).

O curso, que possui carga horária de 80 horas/aula, será executado pela Escola da Floresta Roberval Cardoso, e é uma ação conjunta entre IDM e Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), em parceria com a Prefeitura de Santa Rosa do Purus.

O projeto atende 30 indígenas da etnia Kaxinawá, representantes de cinco aldeias da Terra Indígena do Alto Purus, sendo que a maioria dos educandos selecionados já atua como agentes agroflorestais em suas terras. O projeto tem como objetivo que os educandos levem o conhecimento adquirido durante a formação para suas suas comunidades.

No curso os educandos aprendem noções básicas para o bom funcionamento de uma associação: a criação de um estatuto, com base nos direitos e deveres de cada associado, e algumas ferramentas de gestão. Aprendem como fazer uma Ata, a convocação para uma assembleia e a prestação de contas, por exemplo.

A importância estratégica da formação profissional em gestão na área do associativismo é contribuir para a promoção da autonomia dos povos indígenas na condução e realização de suas propostas, através da facilitação do diálogo com o Governo do Estado e da promoção de integração entre diversas comunidades. (Assessoria IDM)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation