Juiz condena criminalmente produtos impróprios ao consumo à venda em supermercado da cidade

O juiz da 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, Raimundo Nonato, condenou criminalmente gerentes e sócios-proprietários que administravam o Supermercado Araújo, a maior rede de supermercados do Acre, pela exposição à venda e por terem em depósito produtos impróprios ao consumo, após processo criminal iniciado por meio de denúncia ofertada pela promotora de justiça de Defesa do Consumidor, Alessandra Garcia Marques.

A condenação deve servir de alerta a todos os fornecedores de produtos para que não descumpram a legislação em vigor e não coloquem no mercado consumidor produtos impróprios ao consumo, tais como produtos com prazo de validade vencido entre outros. (Agência MPE/AC)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation