Procon orienta população sobre golpes pelo SMS

Um golpe cada vez mais usado é  o envio de SMS prometendo prêmios como casas, carros ou dinheiro. Os golpistas utilizam o nome de empresas e programas de televisão e fornecem um número de telefone para que a pessoa entre em contato, além de uma senha para resgatar seu prêmio. Ao ligar, a pessoa é orientada a realizar depósitos ou adquirir cartões telefônicos, além de serem requisitadas informações como números de documentos e conta bancária.

O Procon orienta a população a não repassar informações por telefone, acreditando ter recebido um prêmio, ou participar de alguma promoção. Pode ser um golpe e as consequências podem ser desde dívidas feitas em nome da vítima até o planejamento de um sequestro.

O universitário Johnathan Albuquerque conta que recebeu um SMS prometendo um carro e R$ 10.000. Curioso, resolveu ligar para o número, mas estava fora de área. Uma semana depois recebeu uma ligação em que a pessoa exigia a compra de créditos para celular e o número de documentos para poder resgatar o prêmio, dizendo que os dados seriam utilizados na atualização do sistema.

“Estranhei porque havia muito barulho e a pessoa falava errado e com muitas gírias. Então desconfiei e amea-cei levar essa ligação até a polícia e imediatamente ele disse que não precisava disso e desligou”, conta Albuquerque. Ao receber SMS com aviso de premiação, o Procon aconselha o consumidor a lembrar se por ventura se inscrevera em algum site ou loja. Caso contrário, deve ignorar a mensagem e jamais retornar a ligação, pois o número do telefone pode ficar armazenado, tornando a pessoa ainda mais vulnerável a armadilhas, passando a receber várias mensagens dos golpistas.

Segundo Daniella Barcellos, assessora jurídica do Procon/AC, é importante que o cidadão saiba identificar o golpe e nunca passe dados pessoais para desconhecidos por telefone. Outra dica é desconfiar de ligações para números de celular e com DDD de outros Estados. “Se a promoção se refere, por exemplo, a concursos veiculados por emissoras de televisão que estão fixados no eixo Rio – São Paulo, por que alguém do Ceará faria a ligação?”
O Procon orienta ainda que, caso o consumidor caia nesse golpe e passe informações e dados pessoais para os golpistas por telefone, deve procurar imediatamente uma delegacia e relatar o acontecido para evitar maiores transtornos. (Assessoria Procon)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation