Região Norte tem gasolina mais cara do país, segundo pesquisa da ANP

O preço do combustível tem tirado o sono do brasileiro. A Região Norte tem a gasolina mais cara do país e, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o Acre está em primeiro lugar com preço de R$ 3,07, seguido de Rondônia (R$ 2,97) e Amazonas, onde os preços variam a partir de R$ 2,60. Em um posto em Manaus, a gasolina comum chega a R$ 2,89 e a aditivada chega R$ 3,00.
alcool
A situação piora no interior, pois as distâncias encarecem os combustíveis. Um distribuidor afirmou que paga mais por litro do combustível transportado durante a vazante dos rios.

Em Maringá, no Paraná, não vale a pena abastecer com álcool, que subiu R$ 0,20 por litro, a média está saindo a R$ 1,91. Em um posto do estado, o etanol custa quase R$ 2,20 o litro. Um dos motivos para o aumento é a quebra na safra de cana, já que grande parte da produção brasileira está sendo destinada à produção de açúcar. Para atender a demanda interna do combustível, o país precisa fazer importações.

A estimativa é de que sejam importados 1,5 bilhão de litros de etanol (Agência de Notícias de Floripa)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation