Acusado de matar jovem a tesouradas é ouvido pela Justiça

Agostinho Bispo de Almeida foi ouvido nesta quarta-feira, 28, em audiência de instrução e julgamento na 2ª Vara do Júri e Auditoria Militar de Rio Branco, acusado de matar a adolescente Gabriele Cearina Araújo Nascimento, na época com 12 anos, morta a golpes de tesoura.
Tesouradas

O crime aconteceu no dia 05 de maio deste ano na rua Tambuatá, bairro Montanhês, em uma tarde de quinta-feira na casa da vítima que foi encontrada agonizando ao lado da cerca entre o quintal da casa onde morava e a casa de um vizinho.

Agostinho se entregou a polícia no dia seguinte após o crime, e permanece preso desde então.

De acordo com informações, o acusado já era procurado pela Polícia, pois existia um mandado de prisão contra ele por crime de tentativa de homicídio ocorrido no ano de 2009.

O crime ocorreu porque Agostinho tentava manter relação sexual com a criança que o rejeitava. A Polícia concluiu que a vítima lutou com o assassino antes de morrer e que foi ferida dentro de casa, onde se encontrava sozinha quando foi atacada.

Mesmo ferida com diversos golpes de tesoura, a menina ainda conseguiu sair de casa e tentar pedir socorro na casa do vizinho, mas caiu no quintal, onde agonizou até morrer.

A defesa do acusado tenta convencer a promotoria de que o cliente sofre de distúrbios mentais.

Tesouradas_2

Tesouradas_3

Assuntos desta notícia


Join the Conversation