Caminhão do Exército tomba e mata soldado esmagado

Parece uma ironia do destino. Todas as comemorações do dia 7 de setembro, em Cruzeiro do Sul, giraram em torno da exibição dos militares do 61º BIS – Batalhão de Infantaria de Selva. Mas no começo da noite um acidente com um caminhão do Exército, no Ramal Bom Vento, em Mâncio Lima, tirou a vida de um cabo da reserva do Exército. Outros dois militares e um homem que vinha de carona também ficaram feridos.
Acidente0909
A vítima fatal, o cabo Elias, já tinha cumprido o seu período de serviço no 61º BIS e foi ao ramal para transportar peças de madeira que teria vendido para o Quartel do Exército, em Cruzeiro do Sul. No retorno, um casal que mora no ramal pediu carona e o cabo foi para a carroceria para que a mulher, que trazia dois filhos, um deles doente, pudesse se acomodar com as crianças na cabine.

Poucos quilômetros após pegar os passageiros caminhão deslizou para  a lateral da estrada e entrou num buraco provocando o tombamento. O comandante da missão, Cabo Borges, informou para a equipe de resgate do Samu que chegou para realizar o socorro das vitimas que o militar havia morrido de forma instantânea. Os médicos atestaram que a vítima quebrou o pescoço.

Outros dois militares que também estavam na carroceria ficaram feridos e foram encaminhados ao Pronto Socorro de Cruzeiro do Sul. O homem que vinha de carona foi atendido pela equipe médica. Já o motorista do caminhão soldado Mariton Pinheiro da Costa, deixou o local antes da chegada da ambulância. Após ser encontrado o soldado foi conduzido por uma equipe de oficiais do Exército para a Delegacia de Polícia. O motorista declarou que o acidente aconteceu porque a pista de terra estava escorregadia devido a uma chuva. 

O comandante do 61º BIS, Coronel Rommel Franco de Oliveira, emitiu uma nota oficial em que garantiu que haverá um inquérito militar para apurar os fatos. “O Comando manterá os veículos de imprensa informados oportunamente com transparência e a responsabilidade requer,” garantiu.

 Acidente_exercito_2

 Acidente_exercito_3

Acidente_exercito_4

Acidente_exercito_5

Assuntos desta notícia


Join the Conversation