Colono morre após bater carro contra um barranco

O colono Argemiro Genésio da Silva, 66 anos, morreu na tarde de sexta, 2, após colidir o carro que conduzia contra um barranco. O acidente aconteceu no Ramal da Esperança, Estrada do Pacífico. Na ocasião, o produtor rural estaria voltando para casa.
Acidente0409
De acordo com informações, Argemiro teria passado a manhã em Brasiléia, distante de Rio Branco cerca de 240 Km. Ele teria ido fazer compras. Supostamente os pneus gastos do veículo e às condições inadequadas para o tráfego do ramal (que recentemente recebeu uma camada de piçarra) teriam colaborado para a tragédia. Somados ao fato de o motorista não estar usando o cinto de segurança no momento do acidente, o trágico se transformou em fatal.

Mas esta não é a única versão para o acidente. A polícia também trabalha com a possibilidade de o colono ter sofrido algum tipo de mal súbito. O tal ataque é o que teria feito com que ele perdesse o controle do carro. A hipótese tem embasamento porque no local não havia nenhum obstáculo que pudesse provocar o acidente. Além do que, o veículo em que viajava a vítima não oferecia condições para empreender alta velocidade.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation