Namorado de Olisângela é solto por falta de provas

O autônomo Jaisson Bezerra da Silva, 23, foi posto em liberdade na manhã de ontem, 19. Ele estava preso desde julho, sob suspeita de participar da morte da namorada Olisângela Lopes, 17 anos. O corpo dela esteve desaparecido por 21 dias, até ser achado na Estrada do Amapá, no dia 23 de julho.

A sua soltura sem indiciamento se deve à falta de provas contra ele no desaparecimento e morte de Olisângela. A mãe da vítima, a aposentada Francisca de Assis Rodrigues, 62 anos, protestou. “Ele não deveria ser solto, porque foi ele quem a levou para a morte”, reclamou na delegacia.

Iranilson Nascimento dos Santos, filho do sargento dono da chácara onde o corpo da jovem foi encontrado, foi indiciado pelo crime. Para a polícia, Iranilson (que permanece preso) já tem passagem pela polícia e pode ter envolvimento direto na morte da garota.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation