Policial militar fora de serviço consegue prender dupla de assaltantes

Na tarde deste sábado, 10, um policial militar, Sargento Eliabe conseguiu evitar a fuga de dois assaltantes que invadiram uma loja de confecções localizada na rua Rio de Janeiro,  de onde roubaram uma quantia em dinheiro e na fuga fizeram as vítimas reféns.
Loja_assalto
A cena deixou em pânico, populares que passavam no momento do assalto, foi quando o policial militar percebeu a ação criminosa e tentou prender os assaltantes.

Quando passava em frente à Galeria Bessa, percebeu que dois homens entraram em uma loja e um deles estaria de arma em punho.

Imediatamente, o policial desistiu de seguir caminho e estrategicamente ficou observando a ação dos criminosos, enquanto entrava em contato com o CIOSP solicitando apoio.

Antes de o reforço chegar, os assaltantes estavam abandonando a loja fazendo oito pessoas reféns. Ao perceber que as vítimas estavam sendo rendidas, o sargento iniciou a negociação.

Mas, um dos assaltantes prevendo que o militar já havia solicitado reforço convenceu o comparsa a se entregar, jogando a arma em direção ao sargento Eliabe e deitando no chão.

Em seguida uma guarnição do 3º Batalhão, comandada pelo Major Juvenal chegou ao local da ocorrência e conduziu os presos à Delegacia de Flagrantes – DEFLA da 1ª Regional.

Em poder dos acusados, a Polícia apreendeu um revólver calibre 38 municiado e o dinheiro roubado da loja.

Comparsas tentam resgatar assaltantes da delegacia

Em um ato de extrema ousadia, um casal que segundo a Polícia seria comparsa da dupla presa em flagrante, compareceu a Delegacia onde além de ameaçar as vítimas tentava resgatar os presos.

Uma vítima reconheceu uma mulher que de acordo com informações teria passado várias vezes na loja antes do assalto.

Ao reconhecer a suspeita a vítima avisou aos policiais que saíram em perseguição, conseguindo interceptar o carro em que a mulher entrou e tentava evadir-se.

Dentro do carro, a Polícia apreendeu dois capacetes pertencentes à dupla de assaltantes, uma camisa com a logomarca da Galeria em que a loja invadida foi assaltada.

Durante interrogatório o delegado plantonista Pedro Resende descobriu que o casal preso em frente à Delegacia estaria dando “cobertura” aos dois assaltantes.

“Na verdade para despistar a Polícia, os assaltantes chegam de carro e usando capacete. Na fuga as vítimas acreditam que eles estão de motocicleta consequentemente informam a Polícia que os criminosos estariam de moto e a Polícia sai em busca de suspeitos em uma motocicleta” deduziu o delegado.

No fim da ocorrência foram presas quatro pessoas: A dupla Romildo Souza de Oliveira, 26 anos e José Everton Ferreira dos Santos, 19 anos, presa em flagrante pelo policial militar.

E o casal Francisco Júlio Nascimento, 20 anos e Marilene Avelino da Silva, 33 anos, que segundo a Polícia estariam envolvidos no assalto.

Segundo a Polícia, os acusados Romildo Souza e José Everton são presidiários em liberdade condicional por crime de roubo (assalto à mão armada).

Loja_assalto_2

Loja_assalto_3

Assuntos desta notícia


Join the Conversation