Aleac vai propor construção de prédios para as famílias que vivem em áreas de risco

A Assembléia Legislativa (Aleac) vai propor ao Governo do Estado a realização de um estudo nos terrenos destinados à construção de moradias para famílias que moram em áreas de risco. O objetivo é que, ao invés de casas, sejam construídos prédios de três a quatro andares, com apartamentos.
Aleac1409
A proposta para a realização do estudo foi apresentada, na sessão de ontem, pelo deputado estadual Eduardo Farias, líder do PCdoB na Casa. Ele defende a construção de prédios, afirmando que a medida pode beneficiar um número maior de famílias.

“Esse é um problema grave que precisamos discutir com muito cuidado. Temos centenas de famílias que moram em áreas de risco, mas também temos áreas para construção de novas moradias. Uma saída seria a verticalização, com a construção de prédios”, explicou.

A proposta foi apresentada logo após o deputado Wherles Rocha (PSDB) denunciar as condições em que vivem centenas de famílias que moram no bairro 6 de Agosto. Ele cobrou uma medida do Governo do Estado para retirar as pessoas que moram na região e levar para uma área segura.

Farias disse que o governo tem uma preocupação especial com essas famílias, mas lembrou que milhares delas já foram beneficiadas com novas residências. Ele lembrou ainda que o Estatuto das Cidades determina que a família seja abrigada em regiões distantes até 3 Km de onde residem.

“Em relação às famílias do bairro 6 de Agosto, minha sugestão é que sejam construídos prédios na região da Avenida Amadeo Barbosa, respeitando assim, o que estabelece o Estatuto das Cidades”, afirmou.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation