Amazônia brasileira atrai investidores franceses

O interesse de empresários franceses nos potenciais de investimentos na Amazônia brasileira e a disposição de governadores da região em garantir a implantação de uma política de crescimento baseado no desenvolvimento regional resultou, ontem, 29, na realização do seminário “Desen-volvimento Sustentável na Amazônia Brasileira”. O evento foi promovido pela Câmara de Comércio Brasil-França (CCBF) no Rio de Janeiro.
Tiao3009
O governador Tião Viana e o senador Jorge Viana participaram do evento como conferencistas. Também participaram do seminário, o governador do Amapá Camilo Capiberibe e o senador Randolfe Rodrigues (Psol/AP) e o governador de Rondônia Confúcio Moura, além de empresários franceses que investem no Brasil.

O senador Jorge Viana mediou o painel “Oportunidades de Negócios e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia-Perspectiva dos Governos Locais”. Ele destacou o potencial do Acre e dos Estados da Amazônia na economia verde, um dos segmentos da economia que mais cresce no mundo contemporâneo. O governador Tião Viana participou do painel – Oportunidades de Negócios Sustentáveis em Diversos Estados. “As empresas francesas ficaram impressionadas com a quantidade de negócios sustentáveis que o Acre pode oferecer. O Acre é o melhor endereço de bons negócios na Amazônia”, avaliou Tião, após sua participação na conferência.

O seminário foi realizado dentro da perspectiva de que a Amazônia tem interesse em captar investimentos e atrair empresas nacionais e estrangeiras, entre outras francesas. Por outro lado, as empresas precisam conhecer a Amazônia nas suas diversidades, potencialidades e desafios para avaliar as oportunidades de negócios e de investimentos existentes.

Por esta razão a Câmara organizou o evento e de cunho informativo visando a descoberta da Amazônia sob o prisma de oportunidades de negócios  identificando as oportunidades e os setores mais propícios nos diversos Esta-dos;   prestação de esclarecimentos sobre as políticas públicas, o marco legal vigente e os incentivos oferecidos nos diversos Estados da Amazônia Legal; discutir os desafios locais e as possíveis soluções; conhecer melhor a agenda governamental e os programas em elaboração para a região, e estreitar contatos com as autoridades locais.

A próxima etapa do projeto da Câmara de Comércio Brasil-França é realizar missões empresariais, com encontros,  in loco, entre potenciais parceiros, em função do perfil e das demandas específicas das empresas interessadas.

O seminário foi organizado pela CCBF-RJ, presidida por François Dossa e contou ainda com a participação de –  Yves Saint Geours – Embaixador da França no Brasil, representantes da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE) e como convidado Especial: Brice Lalonde, Coordenador Executivo para a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio +20).  (Agência Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation