Deputado pede prisão de autor de panfleto contra Jorge Viana

O deputado Moisés Diniz (PCdoB) condenou, na sessão de ontem, a distribuição de um panfleto com acusações contra o senador Jorge Viana (PT). Ele pediu, inclusive, a prisão dos responsáveis pelo material. Para o parlamentar, como não há identificação do autor, as pessoas que estão distribuindo devem ser acionadas judicialmente.
Diniz1609
“Quando fazíamos oposição sempre agimos com clareza. Chegamos a pagar muito caro por isso. Mas jamais fizemos alguma denúncia sem identificar a autoria. Peço que a polícia, o Tribunal de Justiça e o Ministério Público tomem as providências e prenda os responsáveis pela distribuição desse panfleto o mais rápido possível”, desabafou.

O apelo de Moisés Diniz foi feito durante sessão solene de criação da Frente Parlamentar de Consolidação e Fortalecimento da Defensoria Pública do Acre. Pedindo mais respeito ao senador Jorge Via-na, ele chegou a cobrar mais qualidade nos debates promovidos pela oposição.

Para Diniz, a distribuição de um panfleto sem a identificação dos responsáveis “é um crime e mostra que o material tem como objetivo denegrir a imagem de alguém”. Ele chegou a afirmar que os responsáveis pela distribuição do material podem ser considerados criminosos.

“Posso afirmar que são verdadeiros criminosos, pois distribuem um panfleto no anonimato. Espero que eles sejam identificados e respondam legalmente por um ato covarde”, disse.

O líder do Governo na Aleac, afirmou ainda não acreditar que o material tenha sido produzido por lideranças da oposição “mas por pes-soas que não tem compromisso com a democracia”.

O material que está sendo distribuído reproduz reportagem da revista Isto É, com acusações de envolvimento do senador Jorge Viana em desvios de recursos das obras da BR-364.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation