Servidores preparam protesto contra aumento no número de vereadores

Servidores do Poder Legislativo Municipal, devem realizar na próxima semana uma manifestação para protestar contra o aumento das vagas na Câmara de Rio Branco. Eles procuraram a reportagem de A GAZETA e afirmaram que a medida trará prejuízos aos trabalhadores que lutam por melhores salários e condições de trabalho.
Vereadores555
Para os servidores a entrada de mais 3 vereadores em 2013, representa um risco para a categoria. Como não há previsão de aumento no orçamento do Legislativo Municipal, os trabalhadores acreditam que o dinheiro para a entrada dos novos parlamentares impossibilitará qualquer tipo de reajuste ao funcionalismo.

“Nossas condições de trabalho são precárias e lutamos por melhores salários, mas a desculpa é que faltam recursos. Agora com o aumento do número de vereadores as dificuldades vão aumentar, pois a Câmara terá mais despesas e, com certeza, o servidor vai ser o maior prejudicado”, alegou um servidor que pediu para não ser identificado.

Ele informou que só de verba para pagar assessores cada vereador recebe cerca de R$ 20 mil mensais, além do salário de R$ 6 mil e a verba indenizatória de R$ 15 mil que volta a ser paga nos próximos meses. A Câmara tem um orçamento de R$ 12,5 milhões, que não tem previsão de reajuste. Para os servidores, o Legislativo pode enfrentar uma crise com a entrada de 3 novos vereadores.

“E quem vai pagar a conta? Com certeza não serão os vereadores, mas os servidores. Esse aumento é uma forma de tentar garantir a reeleição daqueles que não trabalharam e estão inseguros. Infelizmente isso já foi aprovado, mas queremos manifestar nossa insatisfação. Quando formos lutar por melhorias eles certamente vão alegar que não podem reajustar os nossos salários”, afirmou.

Os servidores elogiam a postura do presidente da Câmara, Juracy Nogueira (PP) que apresentou uma planilha com gastos do Legislativo e informou que a entrada de 3 novos parlamentares trará prejuízos aos cofres da Casa.  

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation