Gazetinhas 20/03/12

* Semana começou movimentada, tanto no governo como na oposição.

* No governo, com o lançamento, no Teatrão, de 1.700 casas para PMs e outros servidores do setor de Segurança, com salários entre 3 a 10 mínimos.

* O governador Tião Viana aproveitou para dar informações sobre a Cidade do Povo a ser construída depois da Corrente.

* Com previsão de dez mil moradias, será mesmo uma cidade.

* Maior do que Sena Madureira e até de Cruzeiro do Sul.

* Além de localizada numa área fora de risco de alagação, ficará, estrategicamente, próxima do Distrito Industrial, facilitando acesso a locais de trabalho.

* É um projeto e tanto.

* Na mesma solenidade, o governador anunciou o nome do novo secretário de Habitação, o ex-superintendente da Caixa Econômica, Aurélio Cruz.

* Uma escolha acertada por saber o caminho das pedras para chegar aos financiamentos da CEF neste setor de Habitação.

* Na oposição, a semana começou com os dirigentes dos partidos reunidos para lançar um manifesto.

* Decidiram mesmo sair com vários candidatos a prefeito na Capital e candidaturas únicas no interior.

* Há ainda discordâncias de alguns caciques, mas, sobretudo, na Capital, não há mais volta:

* os pré-candidatos estão lançados e os principais são os que já se sabe:

* Bocalom, Fernando Melo, Luís Calixto, agora também Jamil Asfury, entre outros.

* O manifesto é moderado, civilizado, com apenas algumas estocadas nos governos petistas.

* É preciso cautela ao se falar dos problemas que estão ocorrendo no Parque de Exposição na volta dos desabrigados pra casa.

* Há sim famílias que perderam tudo, não têm para onde ir, mas há também os espertalhões que querem comer e dormir de graça.

* Não reconhecer o trabalho que prefeitura, governo, Defesa Civil e voluntários prestaram aos desabrigados é maldade, sacanagem mesmo.

* E ainda estão prestando.

* A propósito de alagação, a Agência Nacional de Águas (Ana) vai instalar também no Acre uma “sala de situação” ou monitoramento.

* A “sala”, que já existe em outros estados, é dotada de aparelhos mais sofisticados, para prever enchentes.

* Chega com certo atraso, mas fica para a próxima.

* Outra informação que interessa também ao Acre: a presidenta Dilma Rousseff nomeou a nova presidente da Funai.

* É a demógrafa Marta do Amaral Azevedo, formada na USP, com experiência de campo, entre comunidades indígenas do Rio Negro (AM).

* Rapaziada estudando bastante para o Concurso da Polícia Federal. Os salários são atrativos.

* Polícia teve trabalho ontem de manhã para convencer um rapaz a não se jogar da caixa d’água, no Segundo Distrito.

* E nem era vascaíno.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation