Gazetinhas 22/03/12

* Tucanos do Acre arrumando a plumagem para receber hoje o senador Aécio Neves.

* Visita importante considerando que o senador poderá ser candidato a presidente da República daqui a dois anos.

* Pelo sim, pelo não, o senador mineiro aproveita para conhecer um pouco do Acre, tomar tacacá, comer pato-no-tucupi.

* Outras coisas não pode.

* Ô língua.

* Como gente civilizada, devemos recebê-lo bem.

* Já o senador Aníbal Diniz mexeu de novo no ninho de caba, dos mais ferozes.

* Disse que vai apresentar projeto, propondo a realização de um novo plebiscito sobre o fuso horário para os estados do Acre, Amazonas e Pará.

* Não prestou.

* Na sessão de ontem da Assembleia Legislativa, nas redes sociais, o pessoal abriu o des-tampário e desancou.

* É até divertido.

* Porém, este é o tipo de assunto que é impossível tratar com alguma racionalidade depois de tudo o que aconteceu com o primeiro referendo.

* Na Câmara também a sessão foi bastante movimentada, ontem.

* Vereadores da oposição contestam a nomeação “ad referendum” pelo prefeito Angelim de Jackson Marinheiro para a Emurb.

* O vereador Cabide era um dos mais indignados.

* Do alto do seu tamborete, bradava que, sem passar pela aprovação da Câmara, nem o “reverendo” nem o “bispo” podem ser nomeados.

* E a cidade com tantos problemas a serem debatidos e resolvidos depois da maior alagação de sua história…

* Por exemplo, há ainda mais de 20 famílias no Parque de Exposição sem ter como voltar para casa, porque simplesmente perderam tudo.

* O telefone toca. É um leitor dizendo que quer falar com o “cara das gazetinhas” para reclamar que há três anos quer participar da licitação para vendas de coroas de flores e buquês na Aleac e não consegue.

* Segundo ele, o contrato vem sendo renovado sempre com a mesma empresa.

* Não pode.

* E aí, se o barranco cair e o Rio Acre ‘apartar’ em Brasileia, vamos deixar os 70 metros para a Bolívia ou não?

* É uma questão a ser pensada.

* Sob a coordenação e incentivo do professor Gleyson Moura, alunos da escola Leôncio de Carvalho, na AC 40, realizaram ontem à tarde uma ‘roda de poesias’.

* Recitaram poemas seus e de outros autores, como vêm fazendo desde 2010 dentro do Projeto Liternautas, para incentivar a criatividade e a leitura.

* Como se vê nem tudo está perdido.

* Em tempo: vale conferir matéria na pág. 5, de Ivete Maia, que esteve em São Paulo no começo da semana cobrindo o lançamento do projeto “Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o futuro”, patrocinado pela Fundação Itaú e MEC.

* Um bom incentivo para a moçada escrever contos, crônicas, poesias e não ficar só “cutucando” no “feice”.

* Chuva, muita chuva.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation