Angelim entrega a Jorge Viana plano de reconstrução de Rio Branco

O senador Jorge Viana recebeu das mãos do prefeito  Raimundo  Angelim o projeto de recuperação de Rio Branco, o qual  estima que serão necessários  de R$18 milhões para diferentes obras, serviços e programas  de reconstrução dos bairros e comunidades rurais afetadas pela cheia do rio Acre na capital. O documento será repassado às autoridades em Brasília.
Angelim entrega
A proposta de Viana é que,  ao contrário das outras grandes alagações, Rio Branco tenha um legado diferente. “Como exemplo, as unidades de saúde que deveriam ajudar a população em um momento difícil estavam submersos”, apontou o senador. Esses equipamentos, que são essenciais para a comunidade nos desastres,  devem estar situados nas partes altas do bairro em  plenas condições de funcionamento.

Quanto à rejeição do projeto de financiamento da contrapartida às obras do PAC 2, Jorge Viana refletiu sobre a importância de os vereadores estarem juntos com o prefeito nesta fase de pós-alagação, para ele o momento mais delicado do processo de atendimento às vítimas da enchente. “Acho importante este ano os vereadores estarem juntos com Angelim. Rio Branco viveu o maior desastre de sua história e a política não pode ser feita desse jeito”, disse o senador, alertando que “pretensos candidatos a prefeito iludiram os vereadores”.

Jorge Viana é um dos mais assíduos colaboradores de Angelim quando o assunto é defesa civil e apoio aos afetados pelas enchentes. “Temos a batalha de um processo longo”, observou o senador. O parlamentar começou nesta sexta-feira, 23, série de reuniões com lideranças de bairros atingidos pela alagação para coletar informações e opiniões sobre a situação das famílias.

Neste sábado, JV encontra-se com lideranças rurais. “Esse desastre só não foi maior porque a Prefeitura aprendeu como lidar com essa situação”, disse ele ao destacar o esforço e a responsabilidade do prefeito Angelim e do governador Tião Viana no acolhimento aos flagelados. (Ascom PMRB)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation