Após reunião, funcionários do Saerb decidem continuar em greve

Apesar da reunião realizada na quarta-feira (28) com representantes do governo e prefeitura, os funcionários do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb) continuam em greve. A reunião durou cerca de 7 horas e várias propostas foram debatidas.
Marcelo Jucá - F
De acordo com Marcelo Jucá, presidente do Sindicato dos Urbanitários, vários servidores do órgão estiveram presentes durante as negociações. “Nos reunimos e debatemos sobre as propostas. Ficaram de encaminhar até setembro o nosso PCCSR (Plano de Cargo, Carreira e Salário) para Câmara, mas ainda há muitas reivindicações. Muitos funcionários estavam debatendo conosco na reunião”, disse.

Marcelo afirmou que uma nova proposta será repassada ao sindicato. “Eles estão analisando nossas reivindicações e ficaram de nos enviar a proposta. Enquanto isso, a greve irá continuar. Estamos esperando para repassar aos trabalhadores”.  

Servidor sofre acidente durante trabalho – Segundo um funcionário do Saerb, que não quis se identificar, na quarta-feira (28) um engenheiro mecânico que trabalha na ETA 2 (Estação de Tratamento de Água) passou mal durante o expediente e está hospitalizado. “O engenheiro foi trocar uma bomba, que estava com defeito, e na encanação havia o cloro gás, produto para o tratamento da água. Ele inalou esse produto, passou mal e está internado na UTI do Pronto Socorro”, contou.

O funcionário afirma ainda que o Saerb não faz capacitação para esse tipo de serviço. “Nenhum funcionário passa por capacitação e acabam colocando nossas vidas em risco. Por isso que acidentes como este acontecem”, revela.

Marcelo Jucá afirmou que por causa de situações como esta, melhorias de trabalho são uma das reivindicações impostas. “Queremos acabar com isso, não podemos por em risco a vida dos funcionários. A qualquer momento acidentes podem acontecer”, finalizou.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation