Biblioteca da Floresta realiza bate-papo com o artista plástico Fernando França

O artista plástico acreano Fernando França participa da palestra ‘Entre Quadros e Quadrinhos’ nesta quinta-feira, 22, no auditório da Biblioteca da Floresta, a partir das 18h30. Um bate-papo com o público sobre a influência das Histórias em Quadrinhos no trabalho dele. A entrada é franca.

“Eu vou fazer uma introdução sobre a história das HQs e também propor uma abordagem sobre a ideia dos quadrinhos como uma ‘escola’, sobretudo para a formação técnica e o desenvolvimento perceptivo dos jovens artistas”, comenta.

Ele deve apresentar também a obra de Hemeterio, desenhista que publicou o aclamado ‘Chibata – João Cândido e a Revolta que abalou o Brasil’, em parceria com o escritor Olinto Gadelha.

Para dinamizar a palestra, Fernando aproveita a oportunidade para dividir o momento com um grande parceiro. “O Toinho Alves comentou comigo que os quadrinhos também mudaram a percepção dele em relação ao trabalho, disse que foi um instrumento influente, por isso o convidei. Acho que vai ser uma conversa bem interessante”, explica.

Com sua técnica apurada, detalhista e diversificada, Fernando França é hoje uma referência do Brasil nas artes plásticas contemporânea. De acordo com o professor e jornalista Marcos Afonso, diretor da Biblioteca da Floresta, o artista desenvolveu um papel importante nas décadas de 1970 e 1980 no Estado.

“Ao lado de Sílvio Margarido, Danilo de S’Acre, Binho Marques e outros parceiros, ele contribuiu decisivamente para a identidade visual do histórico movimento artístico daquela época, que semeou a luta pela nossa identidade e singularidades acreanas”.

Serviço: ‘Entre Quadros e Quadrinhos’, bate-papo com o artista plástico Fernando França – quinta-feira, dia 22 – 18h30 – Auditório da Biblioteca da Floresta – entrada franca – mais informações pelo 3223-9939. (Assessoria FEM)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation