Campanha contra febre aftosa é antecipada no Amazonas

A campanha contra a febre aftosa 2012 será lançada nesta quinta-feira (15), em Barreirinha, a 328 quilômetros de Manaus. A Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), por meio da Comissão de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Codesav), decidiu antecipar em 45 dias a campanha a fim de imunizar todo o rebanho ainda em terra firme. O investimento será de de R$1.600.000,00 e deve chegar a 582.316 mil doses de vacina.

De acordo com o Governo do Amazonas, a vacinação atingirá 41 municípios: Alvarães, Amaturá, Anamã, Anori, Atalaia do Norte, Autazes, Barreirinha, Benjamim Constant, Beruri, Boa Vista do Ramos, Borba, Caapiranga, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Coari, Codajás, Fonte Boa, Iranduba, Itacoatiara, Itapiranga, Japurá, Jutaí, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Maraã, Maués, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Parintins, Rio Preto da Eva, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tabatinga, Tefé, Tonantins, Uarini, Urucará e Urucurituba.

“Mais de um terço do nosso rebanho já é considerado área livre de febre aftosa, incluindo os dos municípios de Boca do Acre e Guajará. Nossa meta é imunizar quase 600 mil animais entre bovinos e bubalinos”, destacou Sérgio Muniz, diretor presidente da Codesav.
Os demais municípios não sofreram alteração no calendário de vacinação, mantendo-se o período de maio a novembro. Segundo Muniz, Apuí e Boca do Acre, por exemplo, acompanham a vacinação de Estados fronteiriços como o Acre e Rondônia.

De acordo com a Codesav, órgão que promove a defesa sanitária animal e vegetal no Estado, o período de vacinação para os pecuaristas da calha do rio Amazonas, que estão localizados na várzea, será entre 15 de março a 30 de abril. Para os pecuaristas de terra firme a vacinação será entre 15 de julho a 31 de agosto. Após esse período, os pecuaristas têm mais 15 dias para declarar a vacinação nos escritórios do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Estado do Amazonas (Idam) ou Codesav,sob pena de multa. (G1)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation