Eletroacre aumenta segurança da rede

A terceirização das operações da área de TI se tornou uma tendência no mundo das empresas. Os motivos são inúmeros. Transitam entre a necessidade de redução de custos, melhor capacidade de gerenciamento da base tecnológica, entre outros. A Eletroacre, companhia de eletricidade responsável pela distribuição de energia para o Estado do Acre, tinha problemas em conciliar a demanda de manutenção com a necessidade de gerenciar seus projetos por conta do contingente reduzido de funcionários da área.
rede de luz
“Tínhamos que nos dedicar a tudo ao mesmo tempo. A necessidade de monitoramento é constante principalmente em questão da segurança, pois sofremos constantemente muitos ataques de vírus”, explica Ezimar Rodrigues Carneiro Junior, líder de Suporte e de Infraestrutura em Informática da empresa.

Os cuidados da área de TI passaram para as mãos da Arcon em março do ano passado. A Eletroacre possui seis ativos de segurança distribuídos em 25 sites que são monitorados remotamente pela empresa. Sob a responsabilidade da Arcon está a gestão dos ativos de proteção da equipe interna, o que inclui processos como liberação de acesso e monitoramento da segurança. Na visão de Junior, um dos principais ganhos obtidos com essa mudança está no monitoramento 24X7. Sua equipe pode mudar o foco de atuação e cuidar de problemas mais relevantes para a área.

A Eletroacre contratou os serviços de firewall/VPN para controle do tráfego nos segmentos protegidos, sistema de proteção de intrusos e segurança para e-mail.  A empresa obteve uma redução de cerca de 60% no volume de spams. “As reclamações em relação a isso eram constantes”, diz Junior. Completam o pacote serviços como controle do tráfego para web e proteção de servidores, gateways e estações de trabalho. (Julia Zullig / Decision Report)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation