Ministério da Saúde lança em Rio Branco o novo protocolo de combate à dengue

O programa Guerra Contra a Dengue, realizado em parceria entre a Prefeitura de Rio Branco, o Governo do Estado e o Ministério da Saúde (MS), vem atuando no combate à doença desde o dia 3 de janeiro do ano passado. Nesta semana, Rodrigo Said, especialista do Programa Nacional de Combate à Dengue e representante da Secretaria de Assistência do ministério veio à capital acreana para fazer um treinamento específico voltado para médicos e enfermeiros.

 De acordo com Ricardo Rocha, da Vigilância Epidemiológica, apesar da redução nos casos de dengue, é necessário um treinamento mais específico para os profissionais da saúde. “Este treinamento tem como objetivo repassar o novo protocolo de manejo clínico para os médicos e enfermeiros no atendimento aos pacientes com sintomas da dengue, divulgando uma nova estratégia”.

 Izanelda Magalhães, gerente do Departamento Estadual de Vigilância em Saúde da Sesacre, informou que profissionais do interior também estão participando da capacitação. “O treinamento vai mostrar como funcionará e o que mudou no protocolo de atendimento. Serão 2 dias de capacitação, com a participação de profissionais dos municípios também e, nos próximos dias, iremos selecionar as unidades de saúde para receber esta capacitação”, informou Izanelda.

 No ano passado, o Estado passou por uma grande epidemia de dengue. “O ano de 2011 foi de grandes desafios para o governo, para a prefeitura e para a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre). Tivemos uma epidemia com mais de 30 mil casos de dengue, na qual 90% atingiu a nossa Capital. Estratégias de controle a epidemia foram lançadas, contratamos agentes de vigilância em saúde, criamos campanhas e 6 etapas no combate, além da participação da população. Por tudo isso, houve uma redução de 89% dos casos notificados. Mas o trabalho continua. Agora, foram contratados os agentes da comunidade, que colaboram intensamente em todos os bairros de Rio Branco”, finaliza Izanelda. 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation