Polícia prende quadrilha nacional de arrombadores

Uma ação bem articulada das polícias Civil e Militar do Acre culminou na prisão de três assaltantes de banco, no início da tarde deste domingo, 18.  Gilberto Silva Brasil, Elzio Jardel Xavier Pires e Marcos Vinícius Braga, foram presos, na Via Verde, quando tentavam se deslocar para o município de Brasiléia, na fronteira com a Bolívia.

 A prisão da quadrilha se deu pela precisão do serviço de inteligência policial, que reuniu o Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIPC), reservado da PM e o Ministério Público Estadual (MPE). Os bandidos saíram de Matogrosso com destino a Rio Branco, onde pretendiam aplicar furtos em terminais bancários aqui.

 Os criminosos tiveram seus planos frustrados devido a uma ação ‘cirúrgica’ executada em comunhão de esforços das polícias estaduais. Através de informações recebidas das forças policiais de outras unidades da Federação a cerca das ações da quadrilha, a polícia acreana realizou por três dias monitoramento do bando até a abordagem.

 Após a prisão os bandidos os bandidos foram levados à sede da Delegacia Antiassalto da Polícia Civil, onde confessaram as pretensões de aplicar furtos em terminais bancários.  Com autorização da Justiça os policiais deram cumprimento a mandados de busca e apreensão, em uma residência no bairro Bosque, onde a quadrilha ficou hospedada e encontraram uma furadeira de impacto e uma serra – copo, que seriam usados para violar caixas eletrônicos.

 Elzio Jardel chegou ao Acre em vôo de linha, procedente Cuiabá (MT) e seus cúmplices optaram por vir de carro. Segundo a polícia, Gilberto Brasil era o responsável pela operação do equipamento.

Quem é Gilberto?

 Acusado de ser líder de uma das quadrilhas que arrombam caixas-eletrônicos em Cuiabá e no interior do Estado, Gilberto Silva Brasil, havia sido preso no bairro CPA, na Capital mato-grossense, em janeiro de 2011, por envolvimento neste tipo de crime. Ele seria o responsável do aumento de 250% nos casos entre 2009 e 2010 somente no Matogrosso e adquiriu a liberdade há cerca de um mês.
 
 Brasil já havia sido preso em outubro de 2010 enquanto tentava arrombar um caixa-eletrônico da agência do Banco do Brasil localizado no centro de Chapada dos Guimarães. Ele estava com André Luiz de Assunção Gomes, de 20 anos, que também foi pego em flagrante.

Veículo da quadrilha apreendido

 O Prisma, branco, Placa NJF-6404, usado pelos criminosos está licenciado em nome da namorada de Gilberto Silva Brasil, chapa de Cuiabá (MT). O carro esta recolhido ao pátio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), para procedimentos periciais.

 O automóvel chegou a capital do Acre trazido por Gilberto Silva Brasil e seu cúmplice Marcos Vinícius Braga. Na operação que resultou na prisão da quadrilha de ladrões de banco, participaram cerca de 30 policiais entre civis e militares, entre os quais os delegados Irlan Silva (inteligência) Roberth Alencar (antiassalto) e Nilton Boscaro (3ª Regional).

“Não é a primeira quadrilha que tenta sem sucesso se instalar aqui. Quem apostar no crime vai ser alcançado pelas forças policiais do Estado”, destacou secretário da Polícia Civil Emylson Farias. O secretário ressaltou o esforço do governo do Estado, na priorização de investimentos na área de segurança pública, o que na avaliação do chefe de polícia permitiu a antecipação ao crime em várias oportunidades e assegurar a tranquilidade dos acreanos.

arrombadores1 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation