Centrais Sindicais se reúnem com Dilma amanhã para discutir isenção no IR para PLR e aumento para aposentados e servidores

Representantes da Força Sindical, CUT, UGT, CTB, CGBT e Nova Central vão se reunir amanhã com a presidente Dilma e o secretário-geral da presidência, Gilberto Carvalho, para discutir a pauta trabalhista.

Os sindicalistas irão pedir para o governo a isenção do imposto de renda para participação dos lucros e resultados (PLR) e abono salarial, aumento para os aposentados que ganham valores acima do piso nacional, fim do fator previdenciário e reajuste para os servidores públicos e queda nas taxas de juros.

Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, presidente da Força Sindical, lembra que a isenção do pagamento do imposto de renda na participação dos lucros é uma forma de distribuir renda e fomentar o mercado interno. “A desoneração pode garantir cerca de R$ 1,8 bilhão no bolso dos trabalhadores, garantindo mais consumo e produção”.

“Vou cobrar o governo da necessidade de reajustar as aposentadorias de quem ganha acima do salário mínimo. Não podemos mais permitir esta  política de achatamento dos benefícios”, afirma Paulinho. (Assessoria)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation