Finalizada a primeira fase do processo licitatório para o ingresso de 52 novos moto-táxi na cidade de Rio Branco

Concluída a primeira fase do processo licitatório para o ingresso de 52 novos permissionários de moto-táxi na cidade de Rio Branco. O certame contou com 299 participantes, sendo 26 inabilitados por não apresentar documentação exigida no edital. Para esses casos, o prazo para recurso é de 5 dias úteis a contar da data da publicação da lista dos habilitados e inabilitados no Diário Oficial do Estado.
Licitação moto-táxi 2
A próxima etapa para conclusão do processo licitatório será a analise da proposta técnica, onde será analisada a pontuação na Carteira Nacional de Habilitação dos concorrentes, quanto menor a pontuação, maior será a chance de classificação dos participantes do certame. Outro critério a ser analisado nesta segunda fase, é o ano de fabricação da motocicleta que não poderá ser superior a 6 anos, sob pena de desclassificação. Havendo empate na classificação, será realizado sorteio para desempate dos participantes.

“O processo transcorreu com muita tranquilidade, dentro da mais absoluta transparência. Os concorrentes às vagas puderam acompanhar todo o processo do início ao fim, além de três representantes da categoria, escolhidos por eles mesmos que compuseram a mesa de análise da documentação”, afirmou Ítalo César, Diretor de Transportes da RBTRANS. (Ascom PMRB)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation