Sesacre prepara coordenadores municipais de vacinação para fazer campanha de 2012

thumb 3945863154 5cbe511d65A última etapa da reunião preparatória para as campanhas de vacinação 2012 ocorre nesta quarta-feira (18), em Rio Branco, no auditório do Hemoacre. A reunião terá início às 8h. Participam os coordenadores de imunização dos municípios do Baixo Acre. De acordo com o coordenador Estadual de Imunização e Rede de Frio, Jorge Cunha, a campanha de vacinação será de Influenza, Pólio e Multivacinação. Serão oferecidas mais duas novas vacinas: a VIP – vacina injetável contra a poliomielite preparada com o vírus inativado – e a Pentavalente contra difteria, tétano, coqueluche, influenza e hepatite B.

A vacina injetável (VIP) reduz o risco de que a doença se desenvolva no organismo e é destinada às crianças menores de um ano de idade que estão iniciando o calendário de vacinação. Para as demais crianças será ofertada a vacina em forma de gotinhas, como nos anos anteriores. Jorge informa ainda que as reuniões foram realizadas por regionais para facilitar a participação dos coordenadores de todos os municípios. No dia 10 abril a reunião aconteceu em Cruzeiro do Sul – para os coordenadores do Vale do Juruá -, e no dia 16 em Brasiléia para o Alto Acre.

“Além de preparar os coor-denadores para a introdução dessas duas novas vacinas, ao calendário de vacinação, a reunião também servirá para traçarmos estratégia para alcançarmos a meta de cobertura vacinal preconizada pelo Ministério da Saúde (MS), levando em consideração a realidade de cada município. Para isso, estamos com uma sala de situação estruturada para acompanhar e assessorar os municípios durante as campanhas”, diz Cunha.

O coordenador orienta que a população fique atenta às datas e aos prazos das campanhas, uma vez que este ano a duração das campanhas será de três semanas e não quatro como nas edições passadas. Elas serão promovidas uma em sequência da outra para imunizar diferentes públicos.

Para Jorge, as campanhas de vacinação são ações importantes que direcionam a imunização para públicos específicos com o objetivo de atingir as metas de cobertura vacinal previstas pelo MS. “Durante as campanhas é mais fácil mobilizar o público-alvo. Isso permite alcançarmos a meta de vacinação, o que é mais difícil nos períodos de rotina, principalmente nos locais de difícil acesso, como nas comunidades indígenas e áreas rurais dos municípios mais distantes”, explica Jorge Cunha.

Início das campanhas – A primeira, contra a influenza B (gripe comum), será realizada entre 5 e 25 de maio, destinada a crianças menores de um ano, gestantes, idosos, indígenas e profissionais de saúde. A previsão é de que 108 mil sejam imunizadas contra a influenza. No período entre 16 de junho e 6 de julho, crianças até um ano de idade receberão a dose inédita da vacina injetável contra a poliomielite – a multivacinação, destinada a pes-soas de todas as faixas etárias, está prevista para acontecer entre 18 e 24 de agosto. (Assessoria Sesacre)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation