Paciência de Jó!

Odeio a burocracia. Odeio. O cara que inventou a burocracia tinha um único propósito na vida: se vingar da humanidade.

Não adianta tentar fugir, desviar, fingir que não é com você. Ela está em tudo! Pra casar, pra alugar um imóvel, do momento em que você nasce até o que morre ela vai estar lá tentando empatar e dificultar a sua vida.
Já tentou abrir uma empresa como Empreendedor Individual, lá no Sebrae? Super simples, não tem mistério, com os documentos pessoais e uma conta de luz ou qualquer comprovante de residência está feito. Cinco minutos no máximo! Burocracia nenhuma. É uma beleza.

Já tentou cancelar, extinguir essa mesma empresa? Prepare-se para a saga. Primeiro passo: Ligue a paciência no “level HARD” e vá. É uma tarefa quase impossível. Digo quase porque se você for perseverante uma hora vai conseguir. Caso contrário, é vencido pelo cansaço. Só a Junta Comercial você vai visitar uma cinco vezes, pelo menos.

Quando você pensa que está quase lá, aparece alguma coisa que faltava. O requerimento que está preenchido errado, a sua assinatura que deve ser reconhecida em cartório, uma taxa que deve ser paga (depois que paga descobre que há dois dias foi isenta e não precisava mais pagar). Aí, você vai no cartório (unha e cutícula com a burocracia) enfrenta aquela fila básica, volta com a assinatura reconhecida, imprime QUATRO vias do tal requerimento (frente e verso) e descobre que tem de voltar no cartório pra autenticar todas as vias.

E quando finalmente resolve toda essa parada, e pensa que acabou…. Respire fundo. Não acabou nada, bobinha. A diversão estava apenas começando. Você tem de baixar um programa da Receita Federal, preencher mais um requerimento pedindo a extinção da tal empresa. Imprime mais um documento, tem de voltar no cartório (também te odeio, cartório) pra autenticar esse documento.  Agenda uma visita na Receita Federal pra levar toda a papelada e tentar finalmente se ver livre da empresa.

Meu Jesus Cristinho, para tudo! Vamos desburocratizar, descomplicar e acabar com tantas negras e procedimentos desnecessários. Os cidadãos agradecem!  

Geisy Negreiros é jornalista.
E-mail: [email protected]
Twitter: @geisynegreiros

Assuntos desta notícia

Join the Conversation