Política local 01/05/2012

“A vida habitual faz a alma, e a alma faz a fisionomia”.

(Honoré de Balzac, escritor francês)

O Henrique de sempre
Alertei várias vezes que não se podia confiar que o deputado federal Henrique Afonso (PV) levaria até o fim sua candidatura a prefeito de Cruzeiro do Sul. Pois bem, chega a notícia que desistiu. Henrique é um político honrado, mas volúvel em suas decisões, daí não ser surpresa.

Três exemplos
Vamos dar três exemplos recentes: Henrique anunciou que disputaria o Senado, a prefeitura da Capital, prefeitura de Cruzeiro do Sul, e não levou a cabo nenhuma dessas candidaturas.

Nem tem tu, vai tu
Com isso abre-se de novo a porta para a candidatura a prefeito de Cruzeiro do Sul do professor Marcelo Siqueira (PT). É um moço sem mácula, qualificado, mas não tem densidade eleitoral.

É improvável
Marcelo pode se eleger prefeito? Pode. Eleição é eleição, embora tenha uma certa lógica. É dentro dessa certa lógica que pode-se dizer ser improvável que bata o prefeito Wagner Sales.

Política de São Francisco
O prefeito de Sena, Nílson Areal, fez um bom negócio com o PT. Queimou a candidatura de Nelson Sales à sua sucessão, mas ganhou promessa de apoio do PT para a Aleac em 2014.

É muito masoquismo
Contados nos dedos Capixaba tem oito pré-candidatos a prefeito de partidos diversos. Devem ser masoquistas para querer assumir um abacaxi gigante, uma prefeitura encrencada, falida.

Aventura descartada
O deputado Astério Moreira (PRP) recebeu vários convites para ser candidato a deputado federal, mas descartou a todos e deve buscar sua reeleição, sem trocar o certo pela aventura.

Prefeitura mal assombrada
Acrelândia não tem mais jeito. Após os desastrados ex-prefeitos Vilseu e Carlinhos, agora o prefeito Clóvis Moretti está sendo investigado pelo MPE por pagar servidores fantasmas.

Só pode ser
Enterraram uma caveira de burro na área da prefeitura de Acrelândia, é rolo em cima de rolo.

“Já ganhou”
Não é incomum escutar tucanos do grupo de Tião Bocalom (PSDB) alar-dear em tom de basófia que ele ganha no primeiro turno. Calejado na política já vi muito “já ganhou” virar pesadelo.

Preparando terreno
O título de Cidadão  Riobranquense  dado ao deputado federal Luís Pitman (PMDB-DF) pelo vereador Rodrigo Pinto (PMDB) faz parte da estratégia para Pitman ser candidato pelo Acre.

Perda das bases
Com a chegada do PT ao poder em Brasília as portas ficaram fechadas para Luís Pitman. Fez as contas e ficaria bem mais barato se eleger deputado federal pelo Acre em 2014.

Linha de frente
O senador Sérgio Petecão (PMN) é o único político acreano titular da CPI do Cachoeira.

Reversão
Sérgio Petecão não se mostra muito preocupado com a candidatura de Fernando Melo (PMDB) não estar ainda polarizada na disputa da PMRB, acha que reverte durante a campanha.

Não retira
Embora sabia que a candidatura de Isac Lima na disputa da prefeitura de Mâncio Lima é fraca, o PT não vai indicá-lo vice de Luiz Helosman (PP) e manterá seu nome.

Os favoritos
Luiz Helosman (PP) e Cleidson Rocha (PMDB) entram na campanha como favoritos a vencer a eleição para prefeito de Mâncio Lima.

Não dá jogo
Os dirigentes da oposição  estão descrentes de uma unidade entre as candidaturas de Carlinhos (PSDB) e Bené Damasceno (PMDB), que disputam a prefeitura de Porto Acre.

Comentários canalhas
Surgiram alguns comentários políticos canalhas sobre o episódio envolvendo o vereador Rodrigo Pinto (PMDB). O seu caso é um problema de saúde, não é político nem policial.

Verdadeira oposição
Ontem, faziam contatos na cidade as vereadoras Socorro (PSD), Laurita (PSD), Jamislene (PMDB) e professor Camilo (PSDB). Se apresentavam como a “verdadeira oposição” de Plácido.

Nem na forca
Não vão aceitar essa pesquisa marmelada para beneficiar o candidato Motinha (PP) nem sob a ameaça de serem enforcados na praça central de Plácido de Castro se discordarem.

Uma pergunta
O vereador Alisson Ferreira (PTB-Plácido de Castro) não é da FPA? O que faz metido, ora defendendo a candidatura do Motinha (PP) e ora a candidatura do Gedeão (PSDB)?

ESPATIFAR DE VEZ
A oposição em Plácido de Castro está rachada em várias pré-candidaturas a prefeito. Se tentarem emprenhar uma pesquisa para favorecer um candidato vão espatifar ainda mais o cenário. Ou os dirigentes da oposição mandam fazer uma pesquisa séria ou babau-bacurau.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation