Mais de 700 famílias no Acre recebem doações da Care Brasil

Mais de 700 famílias do Acre atingidas por chuvas e enchentes de rios já foram apoiadas pela ONG CARE Brasil. Atuando em parceria com o Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Alto Acre e Capixaba (Condiac) a ONG já distribuiu 655 kits com produtos de higiene, 32 com ferramentas e insumos agrícolas, 10 com materiais para reforma de residência e sete com equipamentos de pesca.
 
Foram beneficiados moradores de pequenos centros urbanos, agricultores ribeirinhos e comunidades indígenas das cidades de Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolandia e Xapuri. Ayri Saraiva Rando, consultor da CARE Brasil no Acre, explica que a tradição histórica de ocupação das margens dos rios amazônicos é um fator que eleva a vulnerabilidade das populações mencionadas em relação às consequências de desastres como as enchentes em questão. Soma-se ainda a este fator, o pequeno acesso a políticas públicas e aos seus direitos por tais populações, que, por sua vez, aumenta também a vulnerabilidade citada.
 
Os kits com produtos de higiene são formados por detergente, pasta e escova de dente, agua sanitária, sabão em pedra, sabonete e absorvente higiênico. Entre as ferramentas agrícolas doadas estão machado, enxada, lima, carrinho de mão, pá com cabo, plantadeira manual, terçado, regador e, entre os insumos, basicamente, sementes para plantio.
Nos kits para reforma, havia boca de lobo, martelo, pregos, serrote, limatão, gasolina e óleo. E os materiais de pesca entregues aos ribeirinhos foram carretilha, anzóis, malhadeira, chumbo, boia e corda.

O Condiac mobiliza toda a logística necessária de caminhões, carros e barcos para o transporte dos kits até as famílias. “Tem comunidade que leva até 8 horas de barco para podermos chegar” explica Silton Melo, secretário executivo do Condiac. A ação contou ainda com o apoio das equipes de assistência social das prefeituras locais, Corpo de Bombeiros e estudantes da Universidade Federal do Acre, que atuaram como voluntários auxiliando na organização e entrega dos kits.

Alguns agricultores ribeirinhos mostraram-se emocionados com a chegada dos kits. “Perderam quase todas as suas ferramentas e muitos tentavam retomar suas hortas usando apenas as mãos”, relatou Silton. Além disso, a dificuldade de comunicação em algumas comunidades tornou a entrega uma surpresa para os beneficiados, uma vez que não puderam ser avisados com antecedência.

O cadastro das famílias atingidas foi realizado junto com as secretarias de assistência social dos municípios. A ação da CARE no Acre conta com o investimento de 50 mil Euros doados pelo Fundo de Emergência da CARE internacional. (Assessoria)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation