Operação Álcool Zero inicia palestras nos batalhões da Polícia Militar

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em parceria com a Polícia Militar, deu início a uma série de palestras sobre a Operação Álcool Zero para os batalhões da Polícia Militar. O objetivo é conscientizar as corporações sobre a importância da operação.

Até o dia 9 de maio, as palestras serão realizadas em todos os batalhões e há a intenção de estender as apresentações também para o interior. Nesta quinta-feira, 3, o Segundo Batalhão da Polícia Militar recebeu a palestra no auditório da Companhia de Trânsito (Ciatran), apresentada pelo coordenador da Álcool Zero, major Márcio Alves.

Durante sua explanação, o coordenador apresentou alguns dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) sobre acidentes. Segundo o órgão, cinco milhões de pessoas morrem todos os anos por causas violentas e, desse número, 40 mil são por acidentes de trânsito. “Muitas vezes, quando pensamos em acidentes de trânsito, lembramos logo dos danos materiais. Mas por trás existem sentimentos, vidas que se perderam. Pensamos que não vai acontecer com a gente, só com os outros”, afirmou Alves.

O coordenador da Operação Álcool Zero ressaltou ainda que os condutores ao dirigirem sob o efeito de bebida alcoólica possuem a convicção de que estão certos e que não serão fiscalizados. “Daí a importância de a Álcool Zero estar presente todos os dias. A autuação é um meio para se chegar ao fim, que é salvar vidas”, completa.

No Brasil, em 70% dos casos de acidentes com morte, o fator álcool está presen-te. Para o major Márcio, é necessário trabalhar a importância da Operação Ál-cool Zero também com o público interno, nas corporações, já que estes podem atuar como multiplicadores, divulgando a mensagem principal de conscientização sobre os perigos de álcool e direção.

Para o agente da Companhia de Trânsito da Polícia Militar, soldado Francisco Melo, essa palestra é importante por fortalecer o trabalho que a Ciatran desempenha. “Também é importante para os colegas que não lidam diretamente com o trânsito, pois ao flagrar um condutor nessas condições, já pode nos acionar pra fazer a autuação”.

A diretora-geral do Detran, Sawana Carvalho, considera essencial levar as palestras da Operação Álcool Zero para os batalhões. “É interessante que não apenas os policiais da Ciatran, que atuam na fiscalização, mas também os policiais em geral recebam as informações sobre a Álcool Zero, pois assim eles podem transmitir para os seus familiares e para a comunidade onde atuam, fortalecendo a operação em toda a sociedade”. (Assessoria Detran/ac)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation