Pular para o conteúdo

Menos de 50 divulgadores da Telexfree se reuniram em frente a Aleac

 Após ter mais uma derrota no Judiciário Acreano, menos de 50 divulgadores da empresa Telexfree, promoveram na manhã desta quarta-feira (14), uma manifestação em frente a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

 De acordo com o divulgador José Ildson, uma comissão será definida para acompanhar a audiência pública que será realizada no próximo dia 21 na Câmara Federal, em Brasília.
Um dos maiores divulgadores da empresa no Acre, Shawke Lira, acredita que o caso virou uma ‘briga política’. “A negativa novamente já era esperada. Está claro que virou uma briga mais política do que judicial”, disse.

 Ele explica que os divulgadores buscam apoio dos parlamentares para a construção de uma lei que regulamente o Marketing Multinível. “Nossa luta vai muito mais além do que o destravamento da Telexfree, mas pelo Marketing Multinível como um todo. Buscamos apoio dos deputados para que nos auxiliem na construção de uma lei que nos proteja para que não fiquemos à mercê de uma vontade particular de certas pessoas”, salienta.

 Outros atos estão previstos para ocorrer nos próximos dias, como a distribuição de panfletos explicando sobre a atuação da empresa. “As manifestações devem continuar, nada que prejudique a população, mas sempre com o intuito de mostrar que quem está sendo prejudicado são os divulgadores”, conclui.

 Investigada pelo Ministério Público (MP-AC) por suspeita de ser um esquema de pirâmide financeira, a Telexfree, nome fantasia da empresa de marketing multinível Ympactus Comercial Ltda, está proibida, desde o dia 18 de junho, de realizar pagamentos e o cadastro de novos investidores.